Retrospectiva 2020: Pandemia ressalta resiliência de Barueri

De cidade inteligente a cidade resiliente, Barueri busca também tornar-se sustentável



Por:Jornal NC - Publicado em 07/01/2021

Retrospectiva 2020: Pandemia ressalta resiliência de Barueri

Privados de coisas simples como dar um abraço, com saudades de quem se foi e ainda assustados com os impactos da pandemia do novo coronavírus, muitos aproveitam este momento de reflexão para fazer um balanço, não só dos últimos 12 meses, mas de toda a existência.
A crise sanitária mundial colocou uma lente de aumento em tudo e potencializou a percepção de todos. Fraquezas foram expostas, qualidades ficaram mais evidentes e onde havia amor, a solidariedade se materializou. Diante deste cenário, se há uma palavra que pode definir o ano de Barueri é resiliência.
De cidade inteligente a cidade resiliente, Barueri busca também tornar-se sustentável. Para colaborar com um ambiente ecologicamente correto, economicamente viável, socialmente justo e culturalmente diverso, o município baliza suas ações nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Cidade com saúde de primeira
Mesmo durante a maior epidemia dos últimos 100 anos, Barueri não precisou improvisar instalações para oferecer assistência médica à sua população. Com a capacidade máxima retomada em 2017, o Hospital Municipal de Barueri tornou-se referência no cuidado com pacientes da Covid-19. Já o Pronto-Atendimento Vanderson César de Almeida, concluído em 2019 no Jardim Paulista, tem sido hospital de retaguarda exclusivo para a doença. Para identificar mais casos de infecções pelo coronavírus, a Prefeitura criou um programa de testes em massa para assintomáticos e já prorrogou sua duração para o próximo ano.

Cidade próspera
Barueri tem mostrado toda sua estrutura e sua capacidade para superar a adversidade. Mesmo num ano atípico, o município termina 2020 com importantes conquistas. Barueri se destacou mais uma vez no ranking anual das Melhores Cidades para Fazer Negócios (da revista Exame) e foi apontado como o melhor município do país para investir no comércio, segundo melhor no setor de serviços e décimo no setor de mercado imobiliário e construção civil.
Já o Ranking de Competitividade dos Municípios (do Centro de Liderança Pública) identificou Barueri como a cidade mais competitiva do país, enquanto o Ranking Connected Smart Cities destacou a cidade como a primeira do Brasil na categoria economia.

Cidade educadora
Enquanto a pandemia obrigava o mundo a buscar novas ferramentas para o ensino remoto, a Prefeitura de Barueri já tinha informatizado toda a sua rede de ensino com a plataforma Google For Education e a aquisição de mais de 10 mil chromebooks e outros equipamentos como óculos virtuais e terminais de videoconferência.

Cidade segura
Em quatro anos Barueri reduziu em 43% o número de crimes em seu território, de acordo com estatísticas da SSP-SP. Na comparação da quantidade de ocorrências entre janeiro e outubro de 2020 com o mesmo período de 2016, a cidade viu diminuição significativa nos casos de homicídio doloso (-47,6%), roubo (-50,8%), roubo de veículo (-50,9%), furto (-40,7%) e furto de veículo (-37,8%).
A queda da criminalidade é fruto do investimento municipal em novos equipamentos e na atuação inteligente e coordenada da Guarda Civil com as demais forças de segurança.

Cidade inteligente
Com projetos capitaneados pelo CIT (Centro de Inovação e Tecnologia), Barueri avançou muito na área de tecnologia da informação. Na pandemia, em parceria com outras instituições, o órgão chegou a produzir, em impressoras 3D, mais de mil protetores faciais (do tipo face shield) para unidades de saúde.
Nestes últimos anos, outras inovações tornaram Barueri mais inteligente oferecendo serviços com mais agilidade para o cidadão, como os APPs “Alô Barueri”, “Servidor” e “Saúde Barueri”. A cidade conta com 122 pontos de Wi-Fi grátis, 410 km de fibra ótica e 182 projetos de informatização da administração pública. O CIT também tem apostado no desenvolvimento de soluções tecnológicas em parceria com empresas e escolas e dispõe de SmartLab, pré-incubadora e incubadora de projetos e programa de desenvolvimento de talentos, além de cursos e treinamentos.

Veja Também: Deputados aprovam texto-base da LDO para 2021

Cidade limpa
Mesmo durante a pandemia, a Secretaria de Serviços Municipais não parou de trabalhar. Tudo para deixar a cidade mais bonita, conservar a limpeza das áreas públicas e para não degradar o que foi feito nos últimos quatro anos.
Neste período a SSM implantou o programa Papa-Entulho, um serviço social que empresta e coleta big bags que armazenam restos da construção civil para quem não tem condições de contratar uma caçamba. A pasta também instalou caçambas ecológicas e revitalizou áreas com pontos viciados de entulho.

Cidade solidária
É nos momentos mais difíceis que a solidariedade se faz presente. Ainda antes dos impactos da pandemia, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Sads) e o Fundo Social iniciaram campanhas de arrecadação de materiais e donativos para as pessoas que foram afetadas pelas fortes chuvas do começo do ano. Com a propagação do coronavírus, o espírito solidário foi contagiante e não parou. Foram arrecadados e doados 500 botijões de gás, 149 toneladas de alimentos e 39.194 unidades de produtos de higiene e limpeza.

Cidade dos esportes
O desporto teve grande papel na pandemia. Com a interrupção das atividades esportivas e a impossibilidade de presença de público nas competições profissionais, a Secretaria de Esportes teve que se reinventar para levar bem-estar ao cidadão. O programa Barueri Esporte Forte, criado para promover educação por meio da prática desportiva para mais de 10 mil crianças e adolescentes em 17 modalidades, e os programas de combate ao sedentarismo Vidativa e Vida Saudável passaram a proporcionar aulas on-line com grande adesão dos baruerienses. Nos últimos anos o Ginásio José Corrêa e a Arena Barueri voltaram a sediar grandes eventos esportivos de destaque internacional, como a Liga das Nações de Vôlei, e receberam reformas na iluminação, academias (ginásio) e gramado e arquibancadas (estádio). Na Arena também foi criado um Centro de Fisioterapia

Cidade multicultural
Coube às artes o papel de entreter durante o isolamento social imposta pela pandemia. E como não há arte sem artista, a Secretaria de Cultura e Turismo de Barueri foi o instrumento para que os recursos da Lei Aldir Blanc chegassem à classe, inclusive encontrando novos talentos e mapeando artistas ativos por área. A educação pela arte, que já contava com 9 mil alunos inscritos nas oficinas, também ganhou aulas virtuais, assim como os novos Núcleos de Dança e de Música. Novos projetos, programas, festivais e agendas de espetáculos tiveram que ser interrompidos, mas fizeram tanto sucesso que voltarão assim que for possível. A nova Praça das Artes, que vai abrigar um dos maiores teatros do Brasil e ampliar o programa de aulas de artes, já está com obras avançadas e em breve se consolidará como o melhor complexo cultural da região.

Cidade inclusiva
Sempre presente na vida das pessoas com deficiência, a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência não poderia se omitir na pandemia e usou a tecnologia para se aproximar dos seus frequentadores. Com o programa SDPD na sua Casa, a pasta transmitiu entretenimento, informação e muito carinho para os usuários.
Em 2018, foi concluída a construção do Centro de Equoterapia. A sede própria em Alphaville oferece a terapia com cavalos e atualmente transforma a vida de 237 pessoas com deficiência.

Cidade que respeita as mulheres
Além de colocar o mundo em alerta, a pandemia também jogou luz sobre a violência contra mulher, cujos casos aumentaram durante o período de quarentena em função do aumento do tempo de convívio entre os casais. Em Barueri, a Secretaria da Mulher, mesmo a distância, se colocou como voz do protagonismo feminino. Pela internet, as mulheres puderam acompanhar todas as ações e programas que já haviam feito sucesso nos anos anteriores, como o Desafio das 12 Semanas e Outubro Rosa. Outros pontos importantes no período foram a instituição do “Prêmio Mulher em Destaque” e a criação do “Selo Social Empresa Amiga da Mulher”.

Cidade sustentável
O ano de 2020 ratificou a importância da preservação ambiental já que todos convivem no mesmo planeta e estão sujeitos às mesmas consequências. Barueri avançou na sustentabilidade e atingiu o primeiro lugar da região no Programa Município VerdeAzul. A cidade também ganhou prestígio mundial ao receber o prêmio internacional Cidade Amiga dos Animais, na categoria “Gestão eficiente de instalações de triagem e realocação”.
O reconhecimento espelha o trabalho da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente, que nestes quatro anos revitalizou os parques Municipal, Ecológico e Taddeo Cananéia, criou a lei do Estatuto do Animal, promoveu mais de 11 mil castrações gratuitas e microchipagens para animais domésticos, viabilizou cerca de 500 adoções de cães e gatos por ano, ampliou o Cepad, aumentou a atuação do Cetas, implantou o Plano Municipal de Mata Atlântica de Barueri, criou a Lei do Lote Limpo para diminuir a sujeira em terrenos, implantou o Resgate Animal e implementou legislação que combate queimadas.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 - 2021 - Jornal NC. Todos os direitos reservados