Primeira criança vacinada contra Covid-19 em Barueri tem 10 anos

Eduardo Mayer tem 10 anos e é asmático. A mãe dele, Jessica Mayer, disse que o filho estava super empolgado em receber a vacina



Por:Jornal NC - Publicado em 19/01/2022

Primeira criança vacinada contra Covid-19 em Barueri  tem 10 anos

A primeira criança de Barueri vacinada contra a Covid-19 recebeu sua dose no polo do Centro de Eventos. Eduardo Henrique Sanches Mayer tem 10 anos e é asmático. A mãe dele, Jessica Mayer, disse que o filho estava super empolgado em receber a vacina, pois, nas palavras do filho, “agora em vez de pegar um ‘covidão’, só vou pegar um ‘covidinho’”. Jessica ficou atenta quando o noticiário informou sobre o possível início da vacinação para crianças.

Na sexta-feira, dia 14, ficou sabendo pelo Instagram da Prefeitura de Barueri que a vacinação na cidade começaria na segunda-feira. Logo cedo, às 7h10, Jessica e Eduardo já guardavam a abertura do Centro de Eventos. “Sou um pouco ansiosa e quis ir bem cedo para vacinar o Eduardo”, contou. Ainda na quarta-feira, dia 12, ela já havia cadastrado o filho no site Vacina Já, do governo de São Paulo. A orientação da Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde de Barueri, é que todos os pais realizem o pré-cadastro no site Vacina Já. O pré-cadastro não é um agendamento, mas reduz o período de espera durante o atendimento.

Veja Também: Obra viária na Aldeia Barueri vai melhorar acesso a Alphaville e ao trânsito local

Vacinação para crianças
A vacinação contra a Covid-19 para crianças compreende as idades de 5 a 11 anos. A imunização será escalonada e o primeiro grupo a ser vacinado neste momento é o de crianças com comorbidades e com deficiência. Em Barueri a vacinação acontece no Centro Eventos (Av. Sebastião Davino dos Reis, 672 - Jardim Tupanci), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Não é necessário fazer agendamento. Os pais ou responsáveis devem acompanhar a criança para receber a vacina e é necessário apresentar comprovante que demonstre estar no grupo de comorbidade ou de deficiência. A primeira criança vacinada em Barueri tem asma e faz tratamento desde os seis anos, relata Jessica. “Mas as crises começaram antes, hoje ele faz tratamento com a ‘bombinha’ e com uma série de remédios”. A chamada bombinha de asma é um pequeno tubo pressurizado que contém medicamento broncodilatador, para os casos de dificuldades para expirar o ar dos pulmões.

Crianças com comorbidades e deficiência
Para o enquadramento das crianças como comorbidades ou pessoa com deficiência é necessário apresentar:
Comorbidades: qualquer comprovante que demonstre pertencer a um destes grupos de risco
Pessoa com deficiência: apresentar uma ou mais das seguintes limitações:
1 - Limitação motora que cause grande dificuldade ou incapacidade para andar ou subir escadas.
2 - Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de ouvir.
3 - Indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar.
4 - Indivíduos com alguma deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, como trabalhar, ir à escola, brincar, etc.


Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 - 2022 - Jornal NC. Todos os direitos reservados