Mercedes-Benz vê risco de extinção do setor automotivo no Brasil

A montadora percebeu que o modelo de negócio imposto pelo governo anterior, notadamente protecionista, fechou o mercado brasileiro, alimentando-o com incentivos

Publicado em 15/09/2016

Mea culpa. É o que a Mercedes-Benz está abertamente confessando em sua previsão nada otimista do setor automotivo e da economia brasileira atualmente.
A montadora percebeu que o modelo de negócio imposto pelo governo anterior, notadamente protecionista, fechou o mercado brasileiro, alimentando-o com incentivos. A ideia de intervir no setor privado foi válida quando estourou a crise econômica mundial, onde o Brasil se saiu muito bem, graças às comodities e a certo equilíbrio das finanças públicas.
Mas o remédio de promover incentivos para que o mercado automotivo e outros setores da economia ficassem em alta foi prolongado demais, pois o governo acreditava que o modelo funcionaria em longo prazo, mas esqueceu-se de que uma hora a conta ficaria no vermelho.
O setor de caminhões, onde a Mercedes-Benz disputava diretamente com a Volkswagen, as vendas chegaram a 170.000 unidades em 2011 e o Brasil era o maior mercado do mundo para a fabricante germânica sediada no ABC paulista. Só a Mercedes respondia por 40.000 por ano naquela época. Hoje, o segmento está com 50.000 unidades.

Veja Também: Chinesa Xiaopeng apresenta crossover elétrico Beta


Por conta disso, a Mercedes-Benz teve que reduzir a produção e o quadro, de 14 mil para 9,5 mil já com as recentes 1,4 mil demissões. O ato de dispensar toda a fábrica sem uma previsão de retorno dos empregados chamou a atenção do mercado. Afinal, nenhuma montadora fez isso em tempos recentes.
Para a Mercedes, oferecer R$ 100 mil para quem saísse, ficou mais barato que entrar numa briga, conforme ilustra Schiemer. A medida é um acordo e, para o executivo, acordos são bons. Mas, o chefe alemão espera que haja um acordo melhor com o novo governo.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados