União Europeia anuncia 10 milhões de euros para pesquisas sobre zika

O dinheiro será gerenciado pelo programa de pesquisas do bloco econômico, chamado Horizonte 2020



Por:Jornal NC - Publicado em 18/02/2016

União Europeia anuncia 10 milhões de euros para pesquisas sobre zika

A União Europeia anunciou nesta terça-feira (16) que vai destinar 10 milhões de euros para as pesquisas científicas relacionadas ao Aedes aegypti e à disseminação do vírus da zika em território brasileiro. O dinheiro será gerenciado pelo programa de pesquisas do bloco econômico, chamado Horizonte 2020, e entregue diretamente às equipes científicas.
O embaixador da União Europeia no Brasil, João Cravinho, afirmou que o edital deve ser publicado em 15 de março, com um mês para a inscrição dos pesquisadores. Além de institutos como Fiocruz e Butantan, universidades e órgãos internacionais poderão participar da disputa. O diplomata não informou se as pesquisas deverão ser feitas, necessariamente, em solo brasileiro.
“Isto [o fomento à pesquisa] acontece no âmbito da investigação científica, em um edital em que as melhores propostas científicas serão financiadas. A União Europeia tem um dever de solidariedade e de interesse próprio em ajudar o Brasil nessa luta”, diz Cravinho.


Veja Também: Demutran de Barueri intensifica remoção de veículos abandonados

O anúncio foi feito após reunião com representantes de 24 dos 28 países que compõem o bloco e o ministro da Saúde, Marcelo Castro. No encontro, o governo federal esclareceu dúvidas e apresentou os dados atuais das infecções por vírus da zika, dengue e chikungunya, transmitidas pelo Aedes aegypti.
“Viemos trazer todas as informações sobre o maior problema de saúde pública do país. Como todos vocês sabem, hoje é uma preocupação internacional o problema do vírus zika. A OMS acha que pode haver uma pandemia aqui nas Américas, declarou emergência internacional e toda a comunidade está preocupada com o que acontece no Brasil”, declarou Castro. O ministro afirmou, mais uma vez, que o governo atua com “total transparência” na divulgação dos dados de pesquisas científicas e relativos ao índice de infecção.
Perguntado sobre um possível “pedido de ajuda” do Brasil à Europa, Castro disse que o assunto foi mencionado na coletiva, mas não detalhou outras ações de cooperação.Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados