Câmeras de segurança ajudam a combater o crime na cidade de Barueri

Dessa forma que muitos delitos são solucionados em Barueri, em razão de um sofisticado sistema de videomonitoramento que integra 280 câmeras



Por:Jornal NC - Publicado em 18/08/2022

Câmeras de segurança ajudam a combater o crime na cidade de Barueri

Imagine uma situação em que uma vítima de roubo no trânsito consegue visualizar a placa do veículo onde está o infrator informando-a à polícia. Depois de registrado o Boletim de Ocorrência na delegacia, tal informação fica disponível no banco de dados de uma central de monitoramento. Assim que alguma câmera de segurança da cidade reconhece os dados da placa, uma equipe de agentes intercepta o veículo e faz a detenção do suspeito.

É dessa maneira que muitos delitos são solucionados em Barueri, em razão de um sofisticado sistema de videomonitoramento que integra 280 câmeras, informações vindas tanto da esfera municipal quanto da estadual e federal, além de um efetivo de agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semurb). “A tecnologia não atua sozinha, ela é feita com processos e pessoas”, resume Francisco Alves Cangerana Neto, chefe de Gabinete de Tecnologias da Secretaria de Segurança Urbana e Defesa Social (SSUDS).A central de monitoramento em Barueri é chamada de CIM (Centro Integrado de Monitoramento) e funciona 24 horas por dia. De lá, agentes vigiam as ruas, prédios públicos e ainda tem o suporte de 80 câmeras nas escolas municipais incorporadas neste ano (do mesmo conjunto das 520 de todo o sistema).
Câmeras “inteligentes”

Veja Também: Barueri é referência na prática de Equoterapia

As câmeras também são de grande importância para o monitoramento do trânsito. As imagens que algumas delas registram nas avenidas da cidade podem ser consultadas AQUI. O CIM tem 38 câmeras consideradas “inteligentes”, justamente as que “leem” as placas dos veículos (chamadas de OCR). E tem ainda 199 domes, com movimentação 360º. Todo esse aparato dá um ótimo grau de eficiência nas ações da GCM a ponto de levar apenas cinco minutos, em média, o tempo entre uma eventual identificação da placa do veículo e a sua interceptação. Todas as viaturas da Guarda possuem equipamento de GPS, monitoradas diuturnamente na sala do comando do policiamento, o que lhe possibilita agilidade para localizá-las e direcioná-las ao local onde se encontra o veículo com o suspeito.

“Hoje qualquer pessoa que estier com algum dispositivo digital, como celular, deixa um rastro tecnológico por onde passa, o que permite a polícia ou a GCM encontrar”, explica Cangerana. A partir do CIM é possível ainda monitorar movimentações de pessoas ou veículos considerados suspeitos pelos agentes, áreas específicas da cidade e acidentes de trânsito. Neste ano até abril foram registradas 91 ocorrências de flagrantes de acidente de trânsito.

No ano passado, foram 291 ocorrências.
O Poder Judiciário, Polícia Militar e a Polícia Civil também usam os recursos municipais para estudos estratégicos e investigações, uma vez que as imagens são armazenadas por um período e, quando necessário, permanentemente.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 - 2022 - Jornal NC. Todos os direitos reservados