Osasco planeja concurso público para professores

A atual gestão na prefeitura de Osasco começou com um déficit alegado de cerca de 1,7 mil professores na rede municipal

Publicado em 29/03/2017

A atual gestão na prefeitura de Osasco começou com um déficit alegado de cerca de 1,7 mil professores na rede municipal. Para amenizar o problema, foi aberto um processo seletivo emergencial, com a convocação de cerca de 700 profissionais, e docentes fizeram horas extras, de acordo com a secretária de Educação, Ana Paula Rossi.

Para o próximo ano, a meta é que seja realizado um concurso público para contratar professores, mas a quantidade de profissionais a serem contratados ainda não foi definida.

Veja Também: Pronto-Socorro do Parque Imperial será entregue ainda neste semestre


Com o déficit na rede, que chegou a ameaçar o início do ano letivo em Osasco. A secretária também afirma que a rede municipal de ensino osasquense sofre com um alto índice de pedidos de demissão de professores, que acabam indo lecionar em cidades vizinhas devido ao baixo salário.

“Assino pedidos de exoneração diariamente. Osasco hoje é a cidade que pior paga o profissional da educação na região”, avalia.

No último processo seletivo aberto no início deste ano na cidade, o salário para professores de desenvolvimento infantil I, será de R$ 10,74 por hora, com 31 horas semanais, cerca de R$ 1,3 mil por mês.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados