Asma: veja como a homeopatia também pode tratá-la

Asma é definida como doença crônica das vias aéreas

Publicado em 25/11/2016

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que a asma é uma doença que não tem cura, nem pelo tratamento alopático (da medicina convencional) bem com a homeopatia.
Asma é definida como doença crônica das vias aéreas, portanto, tem começo, mas não tem nem meio e nem final. Essa é a definição de doença crônica. A procura por diferentes formas de tratamento se justifica pela gravidade que a doença pode assumir, principalmente na mais tenra idade.



Como a homeopatia trata a asma?
A asma é uma doença crônica, e Hahnemann, pai da homeopatia, ao iniciar suas pesquisas, percebeu que algumas doenças, apesar de bem conduzidas e com tratamento correto, sempre retornavam. Parte de seus estudos foram consagrados a doenças crônicas que deveriam ser tratadas de outra forma.
No tratamento homeopático tentamos entender como é a crise de cada paciente. Não existe um medicamento para asma, existem cerca de 200 medicamentos. Como escolher?



A decisão é tomada levando em conta os sintomas mais característicos. Para isso, são feitas uma série de perguntas como:
Desde quando você tem asma?
Como foi a primeira crise?
O que desencadeou? Foi depois de algum adoecimento, após uma virose (comum em lactentes), após uma contrariedade, após uma perda?
Quais os horários em que você tem crises: manhã , tarde , noite, madrugada? A que horas mais ou menos?
Que tipos de climas desencadeiam mais crises: dias de calor, chuva, ao tomar ar frio?
Você tem a asma após ingestão de algum alimento? Picada de inseto?
Como são as crises: com tosse, com peito cheio, com vômitos, escuta ao longe o chiado?



Veja Também: Número de casos de caxumba em São Paulo cresce 336%



Enfim, as crises são muito diferentes e saber com a maior exatidão como elas funcionam ajuda na escolha do melhor medicamento.



Observação desde cedo
É importante que crianças com histórico de asma na família sejam observadas desde cedo. Amamentação exclusiva até o sexto mês de vida, não consumir alimentos industrializados até os dois anos (biscoitos, sucos de caixinha, chocolate, refrigerantes) e iniciar precocemente o uso de homeopatia auxiliam para que o gene da asma não se manifeste.



Mas a homeopatia não demora muito para tratar?
Falta de ar, chiado no peito e cansaço são sintomas característicos da doença.
Seja qual for a forma de tratamento, não aguarde em casa indefinidamente e procure um pronto socorro.
Ouve-se muito que o tratamento com homeopatia demora muito e isso depende do que você quer. Frente a uma crise aguda, é preciso que o medicamento funcione rapidamente para tirar o paciente da crise e isso a homeopatia faz com a escolha do medicamento para crise.
O que demora é escolher o melhor medicamento para que o paciente não entre na crise. Isso depende muito da doença, da forma de adoecer, fatores ambientais e psicológicos.
O importante é o conforto e segurança do paciente. Pensando em um tratamento que será feito por um longo período, o medicamento homeopático é desprovido de efeitos colaterais e com um resultado muito favorável.



Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados