Terrorismo jihadista matou mais de 13,6 mil pessoas em 2017

França e Reino Unido foram os países europeus mais afetados

Publicado em 22/02/2018

Os jihadistas cometeram 1.459 atentados em 42 países durante 2017, sobretudo no Iraque, Afeganistão, na Nigéria, Somália e Síria, com o resultado de 13.634 mortos, a metade de vítimas civi. Dois de cada três mortos são dos cinco países citados (10.583), segundo o anuário do terrorismo jihadista dessa organização, patrocinado pelo Grupo de Vítimas do Terrorismo do País Basco (Covite), região espanhola que sofreu durante várias décadas os atentados da ETA.
No ano da queda do Estado Islâmico (EI), um em cada cinco países do mundo foi palco do terrorismo, mas o Iraque foi o mais afetado, pois chegou a concentrar 35% de todos os atentados (505), muito na frente dos 187 do Afeganistão. França e Reino Unido foram os países europeus mais afetados pelos atentados, com quatro cada um.

Veja Também: As causas do acidente ainda não são conhecidas. Grupos de resgate trabalham para recuperar demais corpos e a caixa-preta da aeronave

Curta nossa Fanpage no Facebook



Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados