Temer tem ficha suja e ficará inelegível por 8 anos

Tribunal Regional Eleitoral alega que o vice-presidente fez doações de campanha acima do limite geral

Publicado em 05/05/2016

O vice-presidente, Michel Temer é condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) por doações de campanha acima do limite geral e ficará inelegível por oito anos, contados a partir da última terça-feira, dia 3 de maio.
Segundo a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP), as condenações seguem a Lei Ficha Limpa, que prevê a inelegibilidade de políticos condenados por órgão colegiados, como o TRE-SP.

Veja Também: Cunha é afastado do mandato e perde a cadeira de Presidente da Câmara dos deputados

“A Lei da Ficha Limpa estabelece, no seu artigo 1º, I, alínea p, a inelegibilidade de candidatos como consequência da condenação em ação de doação acima do limite proferida por órgão colegiado ou transitada em julgado”, diz nota emitida pela PRE-SP no início da noite desta quarta-feira.
A nota não cita especificamente o caso de Temer, mas foi feita em resposta a questionamentos sobre as consequências da decisão tomada pelo TRE-SP.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados