Prefeitura de Itapevi fará Mutirão de Prevenção ao Câncer Bucal

Objetivo é detectar a doença em estágio inicial; 34 dentistas e auxiliares participam da ação

Publicado em 10/05/2018

A Prefeitura de Itapevi inicia, no dia 12 de maio, a sua participação na Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer Bucal, com a realização de um mutirão de combate à doença.
Durante a ação, 34 dentistas e auxiliares da rede municipal de saúde reforçarão as atividades de diagnóstico da doença em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) do município.
Além disso, a Praça 18 de Fevereiro receberá, no mesmo dia, uma Unidade Móvel Odontológica para intensificar o atendimento à população, que será realizado das 8h às 16h, tanto no equipamento quanto nas unidades de saúde.
Após o mutirão, a Secretaria de Saúde e Bem-Estar seguirá participando da campanha, acompanhando os pacientes afetados ou com suspeita de terem a doença.

Veja Também: Prefeitura de Itapevi vacina crianças e dolescentes contra HPV e meningite C

Todos os dentistas da rede municipal já possuem orientação específica para fazer, além do diagnóstico padrão, exame complementar focado na descoberta de lesões bucais como o câncer. De acordo com levantamento da Coordenadoria de Saúde Bucal de Itapevi, de maio de 2017 a março de 2018, foram identificados quatro casos de câncer bucal na cidade. Segundo Vick, os dentistas da rede municipal realizam cerca de 4 mil atendimentos mensais. Os tratamentos de câncer bucal dependem de rádio e quimioterapia e cada um custa, em média, de R$ 100 mil a R$ 150 mil por paciente, segundo Vick. O tratamento de câncer bucal demora, em média, de três meses a 1 ano, dependendo da complexidade do caso.
Para saber mais sobre e esclarecer dúvidas sobre o câncer bucal e a campanha, o e-mail para contato é o saudebucal@itapevi.sp.gov.br.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados