Iraque condena à prisão perpétua 8 mulheres do Estado Islâmico

Três das condenadas são da Turquia, outras três do Azerbaijão, uma do Uzbequistão e outra da Síria

Publicado em 04/05/2018

Oito mulheres estrangeiras foram condenadas à prisão perpétua pelo Tribunal Penal Central de Bagdá pela filiação ao grupo terrorista Estado Islâmico (EI), anunciou o Conselho Supremo de Justiça iraquiana. Três das condenadas são da Turquia, outras três do Azerbaijão, uma do Uzbequistão e outra da Síria. As oito mulheres serão deportadas depois de cumprir a condenação de prisão perpétua, que, no Iraque, corresponde a um período que oscila de 20 a 21 anos. Em dezembro, o primeiro-ministro iraquiano Haidar al Abadi anunciou o fim da guerra contra o EI no país, que se prolongou por três anos depois que o grupo conquistou quase a metade do território iraquiano em 2014. Centenas de membros do grupo ou suspeitos de colaborar com a organização foram detidos, dos quais dezenas foram condenados à morte ou à prisão perpétua.


Veja Também: Judeus comemoram 70 anos de criação do Estado de Israel


Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados