Deputados do Rio adiam análise de veto que proíbe parcelar salário de servidor

O adiamento frustrou servidores públicos que aguardavam nas galerias a apreciação do veto do seu interesse

Publicado em 08/03/2018

Os deputados estaduais do Rio de Janeiro deixaram para a próxima semana a apreciação do veto do governador Luiz Fernando Pezão ao artigo da Lei Orçamentária Anual (LOA) que proíbe o parcelamento de salários dos servidores e ainda determina prioridade para pagamento aos funcionários. Esse foi um dos sete vetos à LOA que deveriam ser votados no dia 6 de Março, mas foram adiados.
Nos outros vetos à LOA estão ainda o repasse de no mínimo 50% em forma de duodécimo para as universidades estaduais, a definição de 5% da Receita Corrente Líquida para a Assistência Social e o envio semestral à Alerj dos balancetes das Organizações Sociais contratadas pelo Estado.

Veja Também: título do texo

Ficou ainda para a terça-feira que vem, o veto total ao projeto de lei que determina o prazo máximo de 180 dias para a permanência de um preso provisório nas unidades do sistema penitenciário do Estado do Rio de Janeiro.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados