Cubanos fazem greve de fome no Equador



Publicado em 12/05/2016

Dez cubanos em vias de serem deportados do Equador estão em greve de fome para exigir que sejam libertados, porque permanecem retidos há semanas sem que tenha sido executada a expulsão daquele país.
A Aliança Nacional Cubana no Equador confirmou na segunda-feira à agência de notícias EFE que o grupo, que se encontra num centro de acolhimento do qual não pode sair - são “péssimas as condições de higiene e alimentação” - iniciou uma greve de fome há cerca de uma semana.

Veja Também: Para poupar energia, Venezuela paralisa serviços públicos três dias na semana


Os cubanos, retidos naquele local há um mês e meio, pedem às autoridades de migração que se pronunciem sobre a sua situação, explicou fonte da Aliança.


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados