Peru confirma terceiro caso importado de zika, procedente do Brasil



Por:Jornal NC - Publicado em 25/02/2016

Peru confirma terceiro caso importado de zika, procedente do Brasil

O Peru confirmou o terceiro caso importado de zika num paciente peruano que voltou do Brasil, enquanto o país tenta evitar que surjam casos autóctones.
“Trata-se de um cidadão peruano que contraiu a infecção numa viagem ao Brasil e desenvolveu a doença enquanto estava no porto de Ilo, região de Moquegua (sul)”, diz o comunicado do ministério da Saúde (Minsa).
O ministério explicou que o paciente de 29 anos foi atendido no hospital de Ilo quando apresentava mal estar e os especialistas do Instituto Nacional de Saúde de Lima confirmaram que era portador de zika após suas análises.

Veja Também: União Europeia anuncia 10 milhões de euros para pesquisas sobre zika

Este é o terceiro caso importado registrado no Peru. O primeiro foi informado em 29 de janeiro e correspondeu a um cidadão venezuelano morador de Lima, que voltou de uma viagem a Venezuela e Colômbia. O segundo foi registrado em 11 de fevereiro num cidadão peruano que viajou de férias paras a Ilha Margarita, na Venezuela.
O ministério informou que as ações de prevenção e controle realizadas para eliminar o mosquito Aedes aegypti - cuja picada transmite o vírus da zika - estão atrasando a entrada da doença no Peru.
No último mapa divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Peru é considerado como um território livre da presença autóctone do vírus que atinge a América Latina, especialmente o Brasil. O país mantém uma vigilância estrita d presença do Aedes aegypti em 392 distritos onde existem antecedentes de dengue.Curta nossa Fanpage no Facebook


Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados