Mulheres do Quirguistão criam crowdfunding para o primeiro satélite do país

O projeto consiste na criação de um cubesat, um nanossatélite cúbico com dimensões geralmente de 10 X 10 X 10 cm



Por:Jornal NC - Publicado em 10/01/2019

Mulheres do Quirguistão criam crowdfunding para o primeiro satélite do país

O Quirguistão é um país da Ásia Central, com extensão territorial um pouco maior do que a do estado do Paraná. Ele não faz parte do grupo de 72 nações com uma agência espacial oficial, mas pode estar começando uma nova jornada rumo às descobertas nesse campo. Isso graças a um grupo jovens mulheres, com idades entre 17 e 25 anos, que está desenvolvendo o que pode vir a ser o primeiro satélite do país. O projeto consiste na criação de um cubesat, um nanossatélite cúbico com dimensões geralmente de 10 X 10 X 10 cm, usado em pesquisas científicas na órbita mais baixa da Terra.

Veja Também: Japão inaugura transmissão de TV em resolução 8K

O Brasil, por exemplo, tem o seu representante no espaço há mais de 4 anos: o NanosatC-BR1, concebido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).
O projeto das jovens do Quirguistão teve início em um curso de robótica disponibilizado especialmente para o público feminino pelo Kloop um também jovem grupo de jornalismo independente do país, que já oferece aulas na área de tecnologia abertas a todos. A ideia é despertar nelas o interesse e o talento por essa área, que tem maior adesão por parte do público masculino. Além disso, na capacitação foi lançado o desafio de criar o primeiro satélite. Assim, são explorados temas relacionados, como fundamentos de engenharia, codificação e impressão 3D. Entretanto, para produzir esse tipo de equipamento são necessários US$ 150 mil, valor que a própria instituição não possui. A saída, então, foi lançar o projeto na Patreon, plataforma de financiamento coletivo.
A arrecadação do dinheiro é feita de forma mensal e dividida em fases. Os valores a serem recebidos foram também separados em níveis, e cada um deles homenageou uma cosmonauta importante, como Valentina referindo-se a Valentina Tereshkova, primeira cosmonauta mulher a ir ao espaço e Peggy em menção a Peggy Whitson, astronauta que coleciona o maior número de missões espaciais entre mulheres. Até agora, o Programa Espacial de Quirguistão nome escolhido pelas próprias integrantes do projeto já conseguiu US$ 1.102/mês.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados