Mesmo durante pandemia Banco de Leite do HMB oferece suporte para doadoras

O Banco de Leite do HMB, que permanece com acesso restrito, precisou inovar o serviço a fim de proteger as mães e também os recém-nascidos



Por:Jornal NC - Publicado em 13/08/2020

Mesmo durante pandemia Banco de Leite do HMB oferece suporte para doadoras

No período em que se comemora a Semana Mundial da Amamentação (1 a 8/8), o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB) explica como o Banco de Leite se adaptou durante este momento de pandemia para manter o acolhimento humanizado e seguro, além de orientação e apoio sobre amamentação. O Banco de Leite do HMB, que permanece com acesso restrito, precisou inovar o serviço a fim de proteger as mães e também os recém-nascidos. Com a recomendação de diminuir a circulação dentro de unidades hospitalares para evitar a propagação de contaminação pelo novo coronavírus, a equipe do Banco passou a oferecer assistência por telefone e por e-mail.

Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite, mas é necessário atestar a saúde da mãe com base em alguns exames. Mulheres com suspeita ou confirmação de Covid-19, sintomas gripais ou que tenham mantido contato com pessoa contaminada não devem doar. Como a movimentação de pessoas no Banco de leite ainda não é recomendada, o hospital recebe as solicitações por telefone e disponibiliza um e-mail para que as interessadas enviem os exames, considerados de rotina na gestação, para avaliação médica. Após liberação médica, a mãe recebe todas as orientações sobre a ordenha, o armazenamento em vidro esterilizado com tampa de plástico e o processo de congelamento. Depois, é só avisar no grupo de doadoras para que o seu endereço seja incluído na rota de coleta, que é feita duas vezes por semana por um veículo do hospital.

É importante destacar que a disponibilização de um veículo para retirada dos frascos com leite materno já era realizada pelo HMB e teve ainda maior aceitação durante a pandemia.

Agosto Dourado: apoio ao aleitamento
Agosto também é conhecido como mês dourado em alusão ao padrão ouro de qualidade do leite materno. Além da importância para o crescimento físico do bebê, o aleitamento também tem influência no estímulo emocional, como uma das formas de criação de vínculo entre mãe e filho.

Qualificação e competência dos profissionais
No primeiro semestre deste ano, quatro profissionais do HMB realizaram capacitação em Banco de Leite Humano (BHL). O curso realizado na modalidade à distância é composto por 21 módulos e é oferecido pela Fiocruz, fundação responsável pela Rede Brasileira de Banco de Leite Humano. “Esse treinamento oferece diretrizes para atender as mães de forma responsável e priorizar o aleitamento materno exclusivo. Nosso objetivo é propiciar para as crianças internadas o acesso ao melhor alimento, de alta qualidade, já que seguimos um controle rigoroso nos processos de seleção, classificação e pasteurização”, esclarece a nutricionista Vanessa Barbosa, responsável técnica pelo Banco de Leite. Vale ressaltar que diante de qualquer dificuldade ou dúvida, o Banco de Leite possui uma equipe disposta a ajudar e orientar em todas as etapas da doação, desde a retirada do leite até o armazenamento adequado. As interessadas podem entrar em contato pelo telefone (11) 2575-3269.

Veja Também: Novo Centro de Especialidades de Barueri já está em funcionamento

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 - 2020 - Jornal NC. Todos os direitos reservados