Forças de segurança do Egito matam 12 pessoas por engano, incluindo turistas

Ao menos 8 turistas mexicanos morreram por engano no Egito



Por:Jornal NC - Publicado em 14/09/2015

Forças de segurança do Egito matam 12 pessoas por engano, incluindo turistas

As forças de segurança no Egito mataram por engano 12 pessoas, incluindo turistas mexicanos, durante uma operação anti-terror. Os turistas que viajam em quatro veículos entraram em uma zona restrita na área de Wahat do Deserto Ocidental.
Com uma vasta área, o Deserto Ocidental é um destino popular para turistas que visitam o Egito, mas também uma área que atrai militantes islâmicos. No mês passado, um engenheiro croata feito refém pelo grupo extremista autointitulado Estado Islâmico (EI) foi executado na região. O deserto fica perto da fronteira com a Líbia, país em que as atividades de grupos extremistas estão se intensificando. No domingo, o ”EI“ disse ter enfrentado tropas egípcias no deserto.
Presidente Enrique Pena Nieto do México condenou o incidente e afirmou que ”exigiu uma investigação exaustiva pelo governo egípcio“.
“Eles não deviam estar ali”, disse à Associated Press uma porta-voz do Ministério do Turismo do Egipto, Rasha Azazi. “Não estavam autorizados e não avisaram as autoridades”.
Ataques a exército e da polícia, principalmente na península do Sinai, aumentaram desde islamita Mohammed Morsi presidente foi deposto em 2013.

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados