Bolsonaro vai transferir Ceagesp para governo de São Paulo, diz Doria

Segundo porta-voz da Presidência, o patrimônio continuaria com a União



Por:Jornal NC - Publicado em 25/04/2019

Bolsonaro vai transferir Ceagesp para governo de São Paulo, diz Doria

O presidente Jair Bolsonaro decidiu repassar o controle da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) para o governo estadual. A informação foi confirmada pelo governador João Doria após se reunir hoje (23) à tarde com o presidente da República no Palácio do Planalto. Atualmente, a Ceagesp está sob controle do Ministério da Agricultura.
O entreposto de São Paulo é a maior central de abastecimento de frutas, legumes, verduras, flores e pescados da América Latina. Por lá, circulam diariamente cerca de 50 mil pessoas e 12 mil veículos. Em coletiva de imprensa, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, confirmou que há estudos para a transferência da Ceagesp do governo federal para o governo do estado, mas que seria apenas a “gestão do negócio”, mantendo o patrimônio da empresa com a União.
Após receber a Ceagesp, o governo pretende iniciar o processo de privatização da empresa, que deverá ser concluído ao longo do ano que vem, segundo as projeções do governo.
A Ceagesp também vai mudar de endereço. De acordo com o governador paulista, um novo local, seis vezes maior, está reservado para a realocação do entreposto. O futuro endereço permanece sob sigilo, informou Doria, para evitar especulação imobiliária no entorno do local. Segundo o governador, no endereço atual da Ceagesp, que fica próximo à Marginal Pinheiros, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital, será implantado, com investimento privado, o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação (CITI).

Veja Também: Governo anuncia R$ 500 milhões do BNDES para caminhoneiros autônomos

Porto de Santos
O governador paulista reafirmou o apoio à privatização do Porto de Santos, o maior da América Latina, e ressaltou que Jair Bolsonaro também é favorável à medida. O assunto será tratado no próximo semestre.
Para Doria, a privatização vai permitir investimentos na modernização do porto, podendo deixá-lo, em poucos anos, com qualidade internacional compatível com os principais terminais portuários da Europa e da Ásia.
Sobre o Porto de Santos, a Presidência da República disse que a privatização “está em fase de estudos”.

Campo de Marte
Doria também confirmou a gradual desativação da pista do aeroporto do Campo de Marte, na zona norte de São Paulo, e liberação da área para a construção do Colégio Militar e do Museu Aeroespacial brasileiro, que vai abrigar o acervo da família Rolim Amaro, fundadora da companhia área TAM, atual Latam. Com isso, o Campo de Marte, que opera aviação privada e serviço de táxi aéreo, passará a manter apenas as operações de helicópteros, com manutenção dos hangares e das instalações da Aeronáutica.

Museu do Ipiranga
O governador de São Paulo ainda confirmou a reforma do Museu do Ipiranga, na capital paulista, ao custo de R$ 160 milhões, que virão de empresas privadas com base na Lei Federal de Incentivo à Cultura. O objetivo de João Doria é que a obra esteja concluída em três anos, para a celebração dos 200 anos de independência do Brasil. O museu, que está fechado desde 2013, tem mais de 30 mil itens que contam a história da independência brasileira, como objetos, móveis e pinturas, incluindo o famoso quadro Grito do Ipiranga, pintura de Pedro Américo datada de 1888, com a representação de Dom Pedro I proclamando a independência do Brasil, às margens do Rio Ipiranga, em 7 de setembro de 1822.

Viagem à China
Na entrevista, Doria disse que irá à China em agosto para a abertura de um escritório do governo de São Paulo em Xangai. Segundo o governador, Bolsonaro também deverá ir ao país asiático na mesma época para viagem oficial.
O principal objetivo da missão brasileira, disse o governador, é realizar negócios com investidores chineses. A princípio, Bolsonaro e comitiva visitarão a capital do país, Pequim, além de Xangai. Em coletiva de imprensa, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, não confirmou as datas, e ressaltou que as viagens ainda estão em fase de planejamento.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados