Atenção integral à gestante garante baixas taxas de mortalidade infantil em Barueri

Mais um levantamento da Fundação Seade, publicado no final de 2019, mostra que Barueri continua mantendo ótimos índices de mortalidade infantil



Por:Jornal NC - Publicado em 28/02/2020

Atenção integral à gestante garante baixas taxas de mortalidade infantil em Barueri

Mais um levantamento da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos), publicado no final de 2019, mostra que Barueri continua mantendo ótimos índices de mortalidade infantil dos últimos anos.
Essa última versão do levantamento mostra os números do Estado de São Paulo captados em 2018.
Barueri registra uma média de 8,3 óbitos infantis a cada 1000 nascidos vivos. Isso coloca a cidade entre os 198 municípios paulistas com taxas abaixo da média estadual, que chegou a 10,7 – o menor patamar dos últimos anos.
Em 2018 o município teve 5.690 nascidos vivos e 52 óbitos de menores de cinco anos, sendo 47 deles de crianças com até um ano de vida. Os dados são baseados na população residente à época, que era de 259.793 pessoas.

Veja Também: Barueri é uma das cidades pioneiras a implantar a Base Nacional Comum Curricular em toda a rede

Os números da mortalidade infantil em Barueri vêm mantendo-se baixos desde 2016, quando a taxa foi de 8,1, seguida de 8,0 em 2017 até chegar em 8,3 no levantamento mais recente.
Mesmo tendo subido três pontos, ainda é considerado um número muito bom e bem abaixo da média estadual. Antes disso, em 2014, a taxa chegou a 9,6, e em 2015 teve o pior quadro: 13,3.
A médica pediatra e diretora da Saúde da Criança na Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde de Barueri (Cabs), Vera Freire Gonçalves, conta que esses números têm sido acompanhados de perto. Ela menciona a atenção integral materno-infantil desenvolvida na cidade há anos, que prevê atendimento multidisciplinar à família desde a descoberta da gravidez até os dois primeiros anos da criança.
Segundo a pediatra, os maiores índices de mortalidade infantil em Barueri ocorrem no período neonatal precoce (primeira semana completa ou sete primeiros dias de vida do bebê), geralmente relacionadas a prematuridade, más formações e outras intercorrências. Gestações e partos de alto risco são destinados ao Hospital Municipal de Barueri (HMB), que atende especificamente esses casos (saiba mais sobre esse atendimento AQUI).

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 - 2020 - Jornal NC. Todos os direitos reservados