Justiça multa Barça em mais de R$ 20 milhões em “caso Neymar”



Publicado em 15/12/2016

O Tribunal de Justiça de Barcelona divulgou nesta quarta-feira o acordo entre o clube que leva o nome da cidade e a Fiscalia espanhola em relação à polêmica transferência de Neymar do Santos para a equipe catalã. Na soma das multas, ficou acordado que o Barça terá de pagar um total de 6 milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões), levando em conta uma série de atenuantes, como a reparação de danos pelas irregularidades na transação e a adoção de medidas para evitar novos delitos fiscais, de acordo com o jornal Mundo Deportivo.

O acordo entre o Barcelona e a Fiscalia espanhola foi alinhavado no início do segundo semestre desde ano. Com a sentença divulgada nesta quarta, esse caso está encerrado.

No entanto, há ainda uma outra questão envolvendo a transferência do atleta, eleito o quinto melhor do mundo pela revista France Football. Em novembro, a Justiça da Espanha recebeu denúncia formal por parte da DIS contra Neymar, a família do jogador e membros da diretoria de Santos e Barcelona por corrupção.

Veja Também: Ex-presidente do Inter agride jornalista durante programa de TV ao vivo





Na acusação, a DIS pede uma indenização entre 159 e 195 milhões de euros (R$ 571 a 700,3 milhões) em função da transferência de Neymar para o Barça em 2013. O fundo de investimentos solicitou que brasileiro seja condenado a cinco anos de prisão, enquanto os promotores do Ministério Público da Espanha querem dois anos de prisão e 10 milhões de euros (R$ 35,9 milhões) de multa para o camisa 10 da Seleção.



A DIS ainda pede oito anos de prisão para o atual presidente do Barcelona, Josep María Bartomeu, e seu antecessor, Sandro Rosell.






Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados