Trump separa famílias refugiadas que chegam nos EUA

A instalação do Texas é conhecida como Ursula, embora os imigrantes a chamem de “La Perrera” (“O Canil”, em tradução livre)

Publicado em 21/06/2018

Referindo-se às gaiolas instaladas no local que, além de imigrantes adultos, agora também são usadas ​​para albergar crianças separadas de seus pais depois de tentar atravessar ilegalmente a fronteira.
A ex-primeira-dama Laura Bush, mulher de George W. Bush, disse que a estrutura se assemelha aos campos de detenção usados para prender nipo-americanos nos EUA durante a Segunda Guerra Mundial. O senador democrata Jeff Merkley após visitar Ursula, mencionou que um grande número de menores de idade estavam dentro de “uma gaiola de arame de cerca de 10x10 metros trancada com cadeados”.
Em Ursula, mais de 1.100 imigrantes aguardam para serem processados.

Veja Também: Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém causa protestos

Eles estão separados em três alas: crianças desacompanhadas, adultos sozinhos e pais com seus filhos.
Trump tem autoridade para suspender a separação de famílias na fronteira, imediatamente, mas está usando a situação das crianças como uma moeda de troca. As autoridades disseram que quase 200 dos detidos eram menores desacompanhados e outros 500 eram pais com seus filhos. As luzes do prédio ficam acesas o tempo todo. A Academia Americana de Pediatria advertiu que experiências altamente estressantes, incluindo a separação da família, podem causar danos irreparáveis ​​ao desenvolvimento ao longo da vida, alterando a arquitetura cerebral de uma criança.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados