Sob custódia, Sarkozy depõe sobre financiamento de campanha em 2007

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy prestou depoimento ob custódia, pela investigação judicial aberta por um possível financiamento ilegal

Publicado em 23/03/2018

O ex-presidente da França Nicolas Sarkozy prestou depoimento nesta terça-feira dia 20, sob custódia, pela investigação judicial aberta por um possível financiamento ilegal durante sua campanha para a eleição de 2007.
Sarkozy tinha sido convocado à Polícia Judicial de Nanterre, nos arredores de Paris, para se explicar sobre os fundos para campanha, e que o seu comparecimento poderia se prolongar por 48 horas, antes de ser apresentado a um juiz para eventual acusação.
Um dos juízes que dirigiu a investigação, Serge Tournaire, é o mesmo que o acusou em outro caso, desta vez pelos fundos para a campanha de 2012, em que não foi eleito.
O depoimento sob custódia do presidente da França significa que os magistrados consideram ter provas suficientes para acusá-lo. Entre outras coisas, porque antigos representantes do regime de Kaddafi forneceram elementos que confirmam as suspeitas.
Sarkozy sempre denunciou essas acusações, que atribuiu a manipulações e a uma crueldade contra ele.

Veja Também: Traficante colombiano procurado no Brasil é preso na Espanha

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados