Golpe no WhatsApp: Pagamento retroativo do FGTS já foi clicado por milhares de brasileiros



Publicado em 20/10/2017

Uma nova ameaça foi identificada no WhatsApp e já conseguiu a atenção de milhares de brasileiros. Depois do “golpe do 14º salário”, a descoberta feita da companhia de segurança ESET promete pagamento retroativo do FGST no valor de R$ 1.760 e vem sendo compartilhada aos montes dentro do mensageiro. O link presente na mensagem leva o usuário a uma página de cadastro.

Veja Também: Elon Musk revela plano para viajar para qualquer parte da Terra em menos de 1 hora

O site em questão pede dados pessoais e instrui o compartilhamento da mensagem para mais cinco amigos, colocando isso como pré-requisito para obter a confirmação sobre a liberação do benefício. Apesar de usar métodos básicos e de campanhas de conscientização contra esses golpes, a nova ameaça já recebeu mais de 135 mil cliques, alerta a ESET. A intenção primária do golpe é redirecionar audiência a fim de gerar renda a partir de anúncios publicitários. Além disso, é possível que a intenção seja também usar os dados das vítimas para realizar cadastros em serviços pagos, algo que também pode gerar receita para os cibercriminosos.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados