Brasil perde para Peru e cai na 1ª fase da Copa América

Time de Dunga começa bem o jogo, mas cai no segundo tempo graças a um gol de mão. ‘Brasil não existe mais’: Imprensa pelo mundo detona seleção

Publicado em 16/06/2016

A eliminação precoce da seleção brasileira na Copa América gerou críticas pesadas da imprensa pelo mundo. Os principais veículos de comunicação da Europa enfatizaram que a derrota contra o Peru, 1 a 0 evidenciou a ausência do “futebol-arte” que marcou o Brasil em décadas anteriores.
A partida contra o Peru foi decidida com gol de mão de Raúl Ruidíaz, no segundo tempo. O lance foi polêmico: os brasileiros imediatamente correram para cima do árbitro, que demorou mais de três minutos para avaliar se validaria ou não o tento da equipe de Ricardo Gareca. Optou pelo sim.
Principal jornal esportivo da Itália, o Gazzetta dello Sport não economizou críticas ao time de Dunga.
A publicação considerou que o futebol do Brasil deixou de ser imponente, relembrando a goleada de 7 a 1 contra a Alemanha. “Do 7 a 1 da Alemanha ao Peru: o Brasil não existe mais”, manchetou o jornal italiano.
Mesmo estando sem sua principal estrela e com muitos cortes da convocação original por lesões, o Brasil perder para o Peru é mais do que surpreendente, principalmente levando em conta o time adversário.


Veja Também: Barueri vence cidade Peruana no Dia do Desafio com mais de 68 mil participantes


Autor do gol polêmico de mão, o atacante Raul Ruidíaz até passou pelo futebol brasileiro. Ele foi contratado pelo Coritiba em setembro de 2012, mas fez apenas sete partidas pelo clube, não fez nenhum gol e não agradou, tanto é que foi emprestado no ano seguinte ao Universitário, time que o revelou em seu país natal.
Outro que teve passagem pelo futebol brasileiro foi Yotun, lateral esquerdo que teve boa atuação diante do Brasil no domingo. Ele atuou por empréstimo no Vasco em 2013, fez 31 jogos, nenhum gol, mas não conseguiu assegurar a titularidade na equipe.
Do time que enfrentou o Brasil no domingo, apenas Yotun (Malmo-SUE), Cueva (Toluca-MEX) e Guerrero (Flamengo) não atuam no futebol peruano. No elenco de 23 da Copa América, apenas seis não jogam no país.
E não dá nem para dizer que o futebol peruano está em alta. Na Copa Libertadores deste ano, nenhum time do país sequer foi às oitavas. Os únicos dois representantes (Melgar e Sporting Cristal, caíram na fase de grupos).
Na Copa América deste ano, o Peru tem média de 2,3 chutes certos por partida, segundo a Footstats - a pior média do torneio até aqui.
Contabilizando chutes totais, o Peru tem média de 4,6 finalizações por partida, também a pior da Copa América.Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados