Vice reforça compromisso dos EUA com a segurança do Japão

Mike Pence reiterou o compromisso de garantir a segurança do Japão ante a Coreia do Norte.

Publicado em 25/04/2017

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, reiterou nesta terça-feira em Tóquio o compromisso de seu país em garantir a segurança do Japão ante a Coreia do Norte, que ameaça realizar um teste nuclear “por semana”.
A “aliança entre Estados Unidos e Japão é a pedra angular da paz e da segurança no nordeste da Ásia”, declarou Mike Pence em um encontro com o primeiro-ministro nipônico, Shinzo Abe.
Abe defendeu a busca de uma solução pacífica na crise com a Coreia do Norte.
“É muito importante desenvolver esforços diplomáticos e buscar uma solução pacífica”, declarou o chefe de Governo japonês. “Ao mesmo tempo, o diálogo pelo próprio diálogo carece de valor e é necessário pressionar”, completou.
Pence desembarcou em Tóquio nesta terça-feira, após uma visita à Coreia do Sul, para abordar o tema da tensão com a Coreia do Norte após os testes de mísseis em março e abril, decididos pelo dirigente norte-coreano Kim Jong-Un.
esafiando as pressões internacionais e as resoluções da ONU, a Coreia do Norte tentou no domingo, sem sucesso, lançar um novo míssil. Analistas temem que o país planeje um sexto teste nuclear.
Neste cenário, o vice-ministro norte-coreano das Relações Exteriores, Han Song-Ryol, deu a entender que Pyongyang espera acelerar o ritmo de seus lançamentos balísticos.
“Vamos realizar testes de mísseis de modo semanal, mensal e anual”, disse Han em uma entrevista à BBC, ao mesmo tempo que ameaçou com um “guerra total”.
A Coreia do Norte poderia antecipar-se à possibilidade de um ataque americano e atingir a Coreia do Sul ou o Japão. Desta maneira, Tóquio e Seul observam com preocupação o tom do discurso do governo de Donald Trump, cada vez mais belicoso.
Veja Também: Ação que pode cassar chapa Dilma-Temer entra na reta final: e agora?

Durante uma visita à Zona Desmilitarizada (DMZ), na fronteira entre as duas Coreias, Pence fez referência aos ataques executados pelos Estados Unidos contra uma base síria e contra jihadistas no Afeganistão.
“Nas duas últimas semanas, o mundo foi testemunha da força e determinação de nosso novo presidente com as operações realizadas na Síria e no Afeganistão”, declarou Pence.
Washington teme que a Coreia do Norte esteja próxima de construir um míssil com uma ogiva nuclear, com possibilidade de atingir o território americano. Assim como a Coreia do Sul, o Japão enfrenta ameaças diretas de lançamentos de projéteis norte-coreanos.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados