Em São Paulo Doria cumpre promessas iniciais de governo e é bem avaliado em pesquisas

Os primeiros 100 dias de João Doria como prefeito de São Paulo foram intensos.

Publicado em 25/04/2017

Os primeiros 100 dias de João Doria como prefeito de São Paulo foram intensos. Desde 1º de janeiro, ele praticamente não parou.
Desde o início do mandato, foram mais de 80 compromissos nas ruas de São Paulo e cerca de 90 encontros com empresários. Doria teve agendas oficiais em todos os dias.
Nem nos finais de semana, o prefeito descansou. Sábados e domingos pela manhã, o prefeito esteve nas ruas para cumprir seus programas.
E Doria, de fato, acelerou. Uma das primeiras ações do novo prefeito foi aumentar os limites de velocidade nas Marginais Tietê e Pinheiros.
O prefeito pintou muros que haviam sido vandalizados, reforçou o sistema de vigilância com câmeras, regulamentou a venda de sprays e instituiu uma multa de até 10 mil reais para quem se aventurar a pichar alguma parede. E teve multa até para os secretários da Prefeitura. Os assistentes que chegam atrasados em compromissos oficiais, agora, têm que pagar multa.
A ideia surgiu no dia 2 de janeiro, depois que a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Sônia Francine, chegou 40 minutos depois do horário previsto no lançamento do programa Cidade Linda.
Uma das principais promessas de campanha de Doria também já foi cumprida nestes primeiros cem dias: zerar a fila de espera por exames na cidade.
O projeto Corujão da Saúde foi uma parceria com hospitais privados. A fila de exames remanescentes do ano passado zerou e, agora, ainda restam apenas os procedimentos que foram agendados em 2017.
O sucesso do Corujão da Saúde ajuda a alavancar a alta popularidade do prefeito. Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste final de semana mostrou um recorde de aprovação obtido por Doria.
Segundo o levantamento, a gestão municipal é considerada ótima ou boa por 43% dos moradores da cidade. Nunca antes na história de São Paulo, um prefeito completou os três primeiros meses de mandato com uma avaliação tão positiva.
Diante do bom desempenho, Doria faz questão de agradecer o trabalho de toda a equipe que o auxilia na prefeitura.
Veja Também: Vice reforça compromisso dos EUA com a segurança do Japão

“Duas pesquisas em uma semana dando aprovação acima de 70% é algo que nos motiva”, comemorou.
Apesar do sucesso, o prefeito evitar falar sobre uma eventual candidatura à presidência ou ao governo de São Paulo, em 2018. “A aprovação é feita em função das atitudes que a Prefeitura e o prefeito realizam. E depois prefeitar. Esta é minha missão. Fui eleito para ser prefeito, estou prefeitando”, garantiu.
Neste final de semana, o prefeito João Doria voltou a dizer que o candidato dele à presidência da República é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.
Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade


Contato

Telefone
(11) 98983-6042

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2018 - Jornal NC. Todos os direitos reservados