O Hospital Municipal de Barueri disponibiliza leitos exclusivos para cuidados paliativos

O HMB, que possui uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e capelães hospitalares, oferece esse tipo de assistência em todos os setores e especialidades desde maio de 2018



Por:Jornal NC - Publicado em 25/04/2019

O Hospital Municipal de Barueri disponibiliza leitos exclusivos para cuidados paliativos

Com o intuito de promover atendimento humanizado e de qualidade, o Hospital Municipal de Barueri (HMB) reservou quatro leitos especialmente dedicados a pacientes com sintomas de doenças graves que ameaçam a continuidade da vida e para pacientes acometidos por patologias em estágio terminal.
O HMB, que possui uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e capelães hospitalares, oferece esse tipo de assistência em todos os setores e especialidades desde maio de 2018. “Nosso objetivo, em primeira instância, foi despertar o sentimento de empatia, de acolhimento, para conversar sobre finitude abertamente com as equipes médicas, de enfermagem e todos os colaboradores envolvidos no cuidar do paciente”, explica Vânia Zito, coordenadora de Cuidados Paliativos, que destaca esse tipo de atendimento para mais de 200 pacientes, entre maio de 2018 e abril de 2019, com consultoria nas unidades de internação e de Terapia Intensiva, além de interconsultas no Pronto Atendimento.
Com base nas informações do Ministério da Saúde, cuidados paliativos são destinados a toda pessoa afetada por uma doença que ameace a vida, seja aguda ou crônica, a partir do diagnóstico de uma enfermidade, com o objetivo de promover melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares.

Veja Também: Campanha de vacinação contra a gripe começou no dia 10 em todo o Brasil

“Os Cuidados Paliativos têm por princípios reafirmar a vida; considerar a finitude como um processo natural e não acelerar nem adiar a morte; cuidar dos aspectos espirituais; oferecer um sistema de suporte que auxilie a família a sentir-se amparada durante o processo da doença; e, principalmente, promover ética e dignidade no final da existência”, comenta Vânia, que exemplifica doenças cardiovasculares, tuberculose resistente, Doença de Parkinson, esclerose múltipla, câncer e insuficiência renal crônica como patologias que podem necessitar de cuidados paliativos.
De acordo com a Academia Nacional de Cuidados Paliativos, o significado de paliar é proteger. E proteger alguém é uma forma de cuidado com o objetivo de amenizar a dor e o sofrimento. Justamente para oferecer qualidade de vida, a equipe de cuidados paliativos se dedica a tratar cada paciente com individualidade, acolhimento e manejo dos sintomas de forma diferenciada.
No caso da paciente Maria Neusa dos Santos Silva, que está recebendo cuidados paliativos no HMB, tanto a transferência de leito quanto o seu aniversário foram motivos de comemoração.
Além da dor física, diante do diagnóstico de uma doença grave, é comum surgirem muitas dúvidas e complicações emocionais. Por isso, é fundamental que pacientes, familiares e profissionais da saúde estejam sempre alinhados e em contato direto. Para finalizar, é importante ressaltar que os cuidados paliativos são oferecidos para tornar a situação mais confortável para o paciente e para os familiares. O acolhimento desse tipo de tratamento é proporcionar qualidade de vida, seja por meio do alívio da dor, pelo apoio psicológico ou ainda na satisfação de pequenos desejos e alegrias. A condução adequada das áreas físicas, emocionais e sociais garantem o sucesso do paliativismo.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados