Infecção misteriosa causada por fungo se espalha pelo mundo

Avanço aponta para o problema de germes resistentes a medicamentos, não há registro da infecção no Brasil



Por:Jornal NC - Publicado em 11/04/2019

Infecção misteriosa causada por fungo se espalha pelo mundo

Uma nova infecção, surgida há cerca de dez anos, tem se espalhado pelo mundo – mas ainda não no Brasil, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).
Causada por um germe letal, misterioso e recentemente descoberto, o fungo Candida auris, ataca aqueles cujo sistema imunológico está enfraquecido.
Em maio do ano passado, ela chegou nos Estados Unidos, em Nova York, Nova Jersey e Illinois. Nesta época e em NY, no Brooklyn, um homem idoso foi levado ao Hospital Mount Sinai para uma cirurgia abdominal. Rapidamente foi constatado o germe letal e ele foi isolado na unidade de tratamento intensivo. A presença da doença nos EUA fez com que os CDCs do País incluíssem o germe em uma lista de ameaças urgentes. Mas nos últimos cinco anos o fungo já passou pela Venezuela, Espanha, Inglaterra, na Índia, Paquistão e África do Sul – estipula-se em torno de 20 países.

Veja Também: União Europeia proíbe uso de copos, cotonetes e canudos

Paciente do Brooklyn
O idoso não resistiu. Depois de 90 dias, ele morreu, mas não o fungo, que foi identificado em todo o quarto do paciente, o que obrigou a unidade de saúde a utilizar equipamento especial de limpeza e remover placas do teto e piso. Segundo o diretor da unidade, tudo no quarto mostrava sinais da doença. O Candida auris, segundo estudos, é resistente aos principais medicamentos antifúngicos, ou seja, está entre as mais intratáveis ameaças do mundo. Para o professor de epidemiologia fúngica no Imperial College London e coautor de uma revisão científica recente sobre os fungos resistentes a medicamentos, Matthew Fisher, trata-se de um grande problema, pois se confia em medicamentos antifúngicos para tratar pacientes. Sua sensibilidade ao tema se dá por conta de uma explosão de fungos resistentes a medicação e ao fato de que especialistas na área já vinham alertando que o uso exagerado de antibióticos poderiam reduzir a efetividade de remédios.

Situação
Este fungo pode causar infecções na corrente sanguíneas, de ouvido e originárias de machucados. Este germe é identificado por meio de culturas de sangue e outros fluidos e é semelhante, a ponto de ser confundido, com o Candida hamulonii.
Os fatores de risco são: cirurgia recente, diabetes, uso de antibióticos de amplo espectro e de antifúngicos, além de pessoas que ficaram internadas e receberam tubos ou cateteres. Apesar de toda a preocupação e da infecção poder matar, ela é tratável por uma classe de antifúngicos, a echinocandins – ainda assim, algumas se mostraram resistentes às medicações, o que exigiu doses maiores.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados