Brasil condecora Medicina Legal da Colômbia por trabalho em acidente da Chape



Por:Jornal NC - Publicado em 27/07/2017

Brasil condecora Medicina Legal da Colômbia por trabalho em acidente da Chape

O governo do Brasil entregou nesta segunda-feira ao Instituto de Medicina Legal da Colômbia a Ordem de Rio Branco, a mais alta condecoração da diplomacia do país, pelo trabalho realizado pelo órgão após o acidente com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a disputa da decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, em Medellín. A informação é da EFE.

“De alguma maneira, após o acidente, houve uma série de milagres, e o trabalho do Instituto de Medicina Legal foi um desse”, disse no ato solene de entrega da condecoração o embaixador do Brasil em Bogotá, Julio Glinternick Bitelli. O diplomata explicou que, após o acidente, conversou com especialistas do Brasil. Eles disseram que seria impossível identificar as 71 pessoas que morreram na tragédia, entre jogadores, técnicos, dirigentes, jornalistas e a tripulação, de forma tão rápida como foi feito pelo órgão colombiano.

“Com pouco mais de três dias, 70 vítimas estavam identificadas e liberadas para serem levadas ao Brasil. Isso com uma qualidade de serviço que não tem precedentes”, afirmou.

“O ato de hoje é um reconhecimento por esse trabalho, um agradecimento pelo que foi feito naqueles dias em Medellín e é um símbolo da aproximação entre as duas nações, e do que poderemos fazer no futuro juntos”, completou Bitelli. Por sua vez, o diretor do Instituto de Medicina Legal, Carlos Eduardo Valdés, disse que a homenagem é um dos momentos mais emocionantes vividos pela instituição, que tem 103 anos.

Veja Também: Iraquianos comemoram vitória histórica sobre o Estado Islâmico

“O instituto não está acostumado que lhe agradeçam por tudo o que faz no dia dia, todos os esforços de funcionários e funcionárias. A generosidade do povo do Brasil não tem limites”, disse.

No discurso, Valdés agradeceu pelo trabalho da Polícia, da Aeronáutica Civil (Aerocivil), Promotoria, Prefeitura de Medellín e do governo de Antioquia, entre outros órgãos, que colaboraram nas horas depois do acidente de novembro do ano passado.
A Ordem de Rio Branco também foi concedida ao prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez, e a outros quatro funcionários da cidade em uma homenagem à Colômbia que ocorreu em dezembro do ano passado, em Brasília.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados