Alunos de Barueri ‘viajam o mundo’ com recursos audiovisuais e objetos internacionais

Com a mostra, os alunos puderam ter contato com mapas, cerâmicas indígenas, livros antigos, fotografias e instrumentos de países



Por:Jornal NC - Publicado em 28/02/2019

Alunos de Barueri ‘viajam o mundo’ com recursos audiovisuais e objetos internacionais

A professora de Geografia e História, Márcia Gibin, está movimentando as aulas dos alunos dos sextos anos da Emef Alexandrino da Silveira Bueno, do Jardim Silveira. Ela montou uma sala com objetos e documentos de suas diversas viagens pelo mundo para explicar aos estudantes temas de arqueologia, meio ambiente, história, cultura e música, entre outros.
Com a mostra, os alunos puderam ter contato com mapas, cerâmicas indígenas, livros antigos, fotografias e instrumentos de países como Argentina, Cuba, Espanha e Rússia, além de países do continente africano.
De acordo com a professora, os estudantes “estão muito interessados e se encantaram com o livro de fotografias Gênesis, de Sebastião Salgado, e com o fóssil de um albatroz”. O estudante Natan Pinheiro de Souza, do 6º A, está animado com as aulas. “Estou adorando estudar esta matéria desta forma. A professora Márcia nos apresentou vários objetos interessantes que eu não conhecia. Gostei muito de saber mais sobre o calendário asteca e também sobre o Coliseu”, contou.

Veja Também: Centros de Capacitação Profissional e Lazer de Barueri investe em curso na área administrativa

Apropriação do conhecimento
Durante as aulas especiais, os alunos também têm contato com músicas e vídeos. A proposta do projeto é fazer com que os estudantes aprendam a identificar culturas por intermédio de recursos orais, escritos, sonoros e visuais, além da cultura material.
“São aulas como estas que fazem uma grande diferença na apropriação do conhecimento por parte dos alunos. Na sala-ambiente, a professora usa de recursos materiais para que os alunos façam comparativos sobre as diferentes formas de manifestar a história, além da estimulação sensorial por intermédio da música. É muito importante este uso de procedimentos indutivos, em que os alunos criam conceitos para alimentar os debates”, avaliou o supervisor de ensino Raimundo Júnior, o Doju.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Seu Portal de últimas notícias das cidades de Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Osasco, São Paulo e região de Alphaville e Granja Viana.

Publicidade


Contato

Telefone
(11) 9 8476-9654

Endereço
Edifício Beta Trade
Rua Caldas Novas, 50, Sala 175,
Bethaville I - SP, CEP 06404-301.


©2014 2019 - Jornal NC. Todos os direitos reservados