Snapchat é processado por expor conteúdo sexual na sessão Discover



Publicado em 14/07/2016

O Snapchat, ao longo dos meses, vem conquistando cada vez mais usuários. De acordo com uma pesquisa, cerca de 6,9 milhões de snaps são compartilhados por minuto somente nos Estados Unidos. Cada vídeo pode conter no máximo 10 segundos. Além dos vídeos compartilhados, a rede social conta ainda com a sessão “Discover”, que está destinada a material produzido por grandes veículos de mídia e ainda produtores de conteúdo.

O Snapchat está sendo processado justamente pelo tipo de material exposto em tal sessão, por oferecer material sexual e ofensivo. A ação foi movida em caráter nacional na quinta-feira (7) por um garoto de 14 anos, com a ajuda de sua mãe Lynette Young. “Milhões de pais nos Estados Unidos estão hoje desavisados de que o Snapchat está organizando e publicando este conteúdo profundamente sexual e ofensivo às suas crianças”, diz a ação.
Veja Também: Fundador do Megaupload planeja relançamento do site em 2017

Jhon Doe e sua mãe denunciaram violações desejadas e intencionais das disposições da Lei de Decência nas Comunicações que solicita que os veículos e serviços de internet possam informar que existe um controle parental que pode ser usado para que menores recebam conteúdo impróprio para a idade.Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados