Lutadora de Jiu-Jitsu e MMA imobiliza ladrão no Maranhão

O ladrão ficou imobilizado por 15 minutos e clamando por socorro

Publicado em 02/09/2015

Um homem acusado por assalto no Maranhão, na última terça-feira teve uma surpresa ao anunciar assalto a uma mulher, mas ele não esperava que Monique Bastos fosse faixa azul em jiu-jitsu e lutadora de artes marciais mistas (MMA).
Wesley Souza de Araújo, 18 anos, ficou imobilizado por 15 minutos e clamando por socorro “Chame a polícia, Chame a polícia. Socorro!” gritava.
Segundo ele, era a primeira vez no mundo do crime. “Socorro, Jesus! Foi a primeira vez que eu fiz isso, senhor. Foi a primeira vez que eu fiz isso”, dizia, procurando pela mãe.
O caso ganhou repercussão nas redes sociais, com um vídeo propagado pelos internautas e publicado no YouTube.
“Estava indo para a academia, treinar. Eles chegaram de moto, tomando logo meu celular. Eu pensei que eram amigos, mas logo que percebi que não eram, dei um puxão neles e derrubei a moto. O comparsa acabou levando meu celular”, conta Monique.
Após a chegada de uma equipe da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), Wesley Araújo foi levado à 9ª Delegacia Regional de Açailândia, onde foi autuado e preso em flagrante.

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados