Holandeses criam casa sustentável que é construída em apenas 1 dia

A casa tem estrutura de papelão, mas é resistente a chuvas

Publicado em 22/06/2016

O estúdio de design holandês Fiction Factory desenvolveu uma casa sustentável que pode ser construída em apenas um dia. A criação recebeu o nome de Wikkelhouse e pode ser adaptada de acordo com as preferências do cliente, seu tamanho e uso variam de acordo com a necessidade de cada um.
No lugar de tijolo ou concreto, a residência tem as suas paredes feitas em papelão. O material é feito pela própria empresa, com alta qualidade. Assim, as folhas de papelão são adaptadas para formarem a base da casa.
De acordo com a empresa, a estrutura é formada por grandes tiras desta base de papelão, que conta com 24 camadas do material, coladas por uma cola de alta resistência. Elas formam blocos de 1,2 metros de largura. A quantidade de tiras escolhidas pelo comprador determina o tamanho da casa. O mínimo são três, mas a quantidade pode ser infinita.


Veja Também: Fiscalização flagra trabalho escravo em marca de roupas de luxo em SP

Além do papelão, a estrutura é finalizada com madeira por fora, enquanto a parte interna também ganha uma camada personalizada, que pode ser de madeira ou de outros materiais escolhidos por quem vai morar no local.
Com as “paredes” prontas, a casa é montada em apenas um dia. Por seu peso, apenas 500 kg, em média, a residência não precisa de uma base no solo para ser instalada, isso também facilita e reduz os custos do processo construtivo. Outro diferencial é que ela pode ser desmontada e transportada para qualquer lugar.
Segundo a Fiction Factory, a WikkelHouse chega a ser até três vezes mais sustentável do que as residências tradicionais e a garantia da construção é de, pelo menos, 50 anos. A empresa entrega o produto apenas na Europa e, para manter a alta qualidade do sistema, são fabricadas apenas 12 casas de papelão por ano. Cada residência custa, a partir, de US$ 28 mil.Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados