Rival da Uber: Cabify começa a operar em São Paulo cobrando só o quilômetro rodado



Publicado em 16/06/2016

A espanhola Cabify, empresa que oferece caronas no estilo da Uber, chega ao Brasil nesta segunda-feira, 6. A empresa afirma já estar disponível para os moradores de São Paulo, na categoria Light, que é uma espécie de UberX da companhia. No entanto, a cobrança de tarifas é realizada de maneira totalmente diferente pela Cabify.
Tanto a Uber como os táxis incluem na tarifa, além do quilômetro rodado, o tempo gasto durante a viagem. Já o “choffer particular” cobra apenas a distância percorrida, variando o valor do quilômetro percorrido conforme a distância aumenta. Um percurso de 5 km a 10 km custa R$ 2,50 o quilômetro, que fica R$ 0,50 mais barato em rotas de 10 km a 25 km. Para viagens acima dos 25 km, o preço fica em R$ 3 o quilômetro. A empresa diz que fica com 25% do valor de cada corrida, enquanto o “motorista parceiro” embolsa o restante.


Veja Também: Google venderá celular desmontável a partir do ano que vem


A tarifa base do UberX é de R$ 3,35 por minuto e R$ 1,43 por quilômetro rodado, que varia de acordo com a oferta de carros e demanda de passageiros. A vantagem da Cabify é que, em horários de pico, a corrida acaba com o mesmo valor de quando não há trânsito. A categoria que veio para o Brasil oferece carros sedãs e um ou outro modelo hatch, em cores neutras ou escuras.
A Cabify está oferecendo duas corridas promocionais de R$ 20 aos novos usuários do aplicativo em São Paulo. Para liberar, basta utilizar o código MEUCABIFY ao fazer a solicitação.
A reportagem tentou fazer cálculos de tarifas de teste para a matéria, mas tanto o app como o site informam que a área ainda não está coberta. Não foi possível calcular nem mesmo rotas saindo da Av. Paulista chegando em áreas da mesma região.
O app está disponível para iOS e Android. Windows Phone é prometido para breve. É necessário ser maior de 18 anos para pedir o serviço, que pode ser pago com cartão de crédito ou PayPal.Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados