Projeto “Guardiã Maria da Penha” já apresenta resultados positivos em Jandira



Publicado em 12/05/2016

Com um pouco mais de um mês, após ser lançado, o projeto Guardiã Maria da Penha já atingiu resultados positivos no município de Jandira. A cerimônia de apresentação do projeto aconteceu na última semana, no auditório da Etec Braz Paschoalin.
O projeto Guardiã Maria da Penha, foi implantado em março deste ano, com objetivo de garantir medidas protetivas à mulheres que sofreram algum tipo de violência de seus parceiros. As vítimas contam com visitas domiciliares dos guardas civis do município que visam proteger essas mulheres, inibindo a ação dos agressores. Jandira é a primeira cidade da região a implantar o projeto.

Veja Também: Em Sessão Ordinária, vereadores buscam e discutem melhorias para o município de Jandira


De acordo com os registros apresentados pela Guarda Civil Municipal de Jandira, desde o início do ano, das 19 solicitações de medidas protetivas, 17 foram acatadas pelo poder judiciário. Ao todo 13 casos estão sendo acompanhados pela patrulha especializada. Dentre eles, 12 suspeitos de agressão foram notificados e um foi detido. Os seis guardas que atuam no projeto, no mês de abril, realizaram 143 visitas. A inclusão das beneficiadas no projeto se deu pela reincidência frequente de violência, mesmo protegidas por decisão judicial.

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados