Prefeitura de Barueri promove 1ª Semana do Bebê

A ação integra uma mobilização social apoiada pelo Unicef

Publicado em 12/05/2016

Na quarta-feira, 5, a Coordenadoria de Ações Básicas de Saúde de Barueri realizou uma atividade especial dedicada aos bebês e suas mães na Unidade Básica do Parque Imperial.
No período da manhã, profissionais da Saúde, como fonoaudióloga, nutricionista, psicóloga e fisioterapeuta, ensinaram a prática de Shantala, uma técnica indiana de massagem que estreita ainda mais o contato mãe e bebê. Ela também falaram sobre temas pertinentes aos cuidados das crianças.
A ação deu início à I Semana do Bebê, que acontece até dia 15 e integra uma mobilização social apoiada pelo Unicef, que tem como objetivo tornar prioridade na agenda dos municípios brasileiros os direitos à sobrevivência e ao desenvolvimento de crianças de até seis anos. O evento, que está acontecendo pela primeira vez em Barueri, reúne representantes das secretarias de Saúde, Cultura, Educação, Esportes, Mulher, Promoção Social, Meio Ambiente e Direitos da Pessoa com Deficiência.
A Semana do Bebê tem como objetivo incentivar os outros municípios a realizar uma grande mobilização em favor da infância. E acelerar os esforços dos governos e da sociedade para reduzir as mortes evitáveis de crianças de até 5
anos, com ênfase nos primeiros dias de vida. Tem também foco especial para famílias com gestantes, mães, e bebês, incentivando o fortalecimento da relação mãe-bebê e cuidador-bebê e exigir políticas públicas de qualidade para a primeira infância.
A programação contempla a Hora do Conto, leitura para gestantes, confecção de livros de pano para nenéns,
matroginástica, palestras com ginecologistas e fonoaudiólogas, grupos de aleitamento, cuidados com o recém nascido e oficinas de música, entre outras atividades. Confira a programação completa no site oficial de Barueri: www.barueri.sp.gov.br.

O que é o Unicef
O Fundo das Nações Unidas para as Crianças (Unicef) foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1946 como um fundo emergencial para socorrer as crianças das nações devastadas pela II Guerra Mundial.
O organismo Hoje está presente em 191 países e territórios, ajudando na sobrevivência e no desenvolvimento de meninas e meninos.

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados