Professores da rede estadual de SP entram em estado de greve



Publicado em 15/04/2016

Os professores da rede estadual de São Paulo decidiram entrar em estado de greve. A decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira (8) em assembleia na praça Roosevelt.
Segundo a presidente da Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), Maria Izabel Noronha, o estado de greve significa um calendário intenso de preparação da greve. A próxima assembleia será no dia 29 de abril, na avenida Paulista. Nela, os docentes podem decidir pela greve.

Veja Também: Google lança ferramenta gratuita para ajudar professores
Os professores querem reajuste salarial que reponha a inflação do período. Também uma abertura de negociação para discutir a valorização dos profissionais, visando à equiparação salarial dos docentes com a média dos demais profissionais com formação de nível superior.
No ano passado, os professores da rede estadual realizaram uma greve que durou 92 dias. A paralisação foi a maior da história da categoria.
Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados