Filhotes de silvestres atendidos em Barueri ganham a liberdade

Os animais ficaram por volta de quatro meses sob os cuidados da equipe do Cetas

Publicado em 09/03/2016

Um grupo de filhotes de animais silvestres atendidos pelo Cetas Barueri, o Centro de Triagem de Animais Silvestres da Secretaria de Meio Ambiente, foi encaminhado para uma área de soltura e monitoramentona região para que possam viver em liberdade em seu habitat natural.
Os animais ficaram por volta de quatro meses sob os cuidados da equipe do Cetas. Foram recebidosentre setembro e outubro do ano passado, época em que os filhotes de animais silvestres aparecem com mais frequência, já que o início da primavera é a época de reprodução dos animais.

Cuidados especiais
Faziam parte do grupo encaminhado para soltura cinco irerês, três jacuguaçus e um ouriço caixeiro. Para que eles pudessem se desenvolver e ganhar a liberdade, um grande esforço foi feito pela equipe de biólogos, veterinários e tratadores do Cetas. “Os principais desafios no cuidado com os filhotes são a temperatura e a alimentação”, ressalta Erika Kaihara, gestora da unidade. Ela explica que esses animais passaram por um período em ambiente com temperatura controlada e receberam um complemento multivitamínico, além de uma mistura especial para a alimentação.


Veja Também: Belo Monte pode colocar 50 espécies de peixes em risco, revela estudo


Erika ressalta ainda que ao encontrar um filhote de animal silvestre é preciso avaliar a situação com muito cuidado antes de retirá-lo do local onde ele está, pois a reabilitação deste tipo de animal é muito difícil longe da mãe. “Nem sempre é necessário recolher um filhote ao encontrá-lo na cidade,. Na maioria das vezes seus pais estão por perto e logo voltarão para ajudá-lo.”

O Cetas
O Cetas Barueri foi inaugurado em abril de 2012 e desde então já realizou mais de 3.200 mil atendimentos e encaminhou para soltura mais de dois mil animais silvestres, que hoje desfrutam da liberdade em vários locais do estado e do País.
O local, administrado pela Secretaria de Meio Ambiente de Barueri, recebe animais doentes, acidentados, provenientes de entrega voluntária e também vítimas do comércio ilegal de animais silvestres.Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados