Hyundai HB20 destaca pela garantia extensa e pós-venda eficiente

Bonito, confiável, barato de manter e bom de volante, o hatch nacional é vantagem para quem quer adquirir um seminovo

Publicado em 09/03/2016

Lançado em 2012 (já linha 2013), o hatch provocou uma corrida às lojas, que nunca parou. Foi o oitavo mais ven­dido em 2013, sexto em 2014 e quarto no acumulado de 2015. É fácil entender seu sucesso: projeto atual, belo estilo e padrão de qualidade acima da média, criando assim um carro que agradou até aos mais exigentes. Para ajudar na aceitação dos usados, há a garantia de cinco anos sem limite de quilometragem. Por isso, o HB20 não esquenta vaga: basta anunciar que vende.
A versão básica Comfort já enche os olhos: ar, direção, airbags, Isofix, computador de bordo e alarme. Mas ela é preterida pelo mercado pela falta de travas e vidros elétricos. É por isso que a Comfort com pacote Style é a mais procurada: inclui ainda ABS, volante multifuncional com ajuste de altura e distância, espelhos elétricos, faróis de neblina, rodas de liga aro 14 e CD com MP3. Sob o capô, um competente 3-cilindros 1.0 de 80/75 cv.Se você não abre mão de desempenho, leve a Comfort 1.6 16V, de 128/122 cv: ele acelerou no nosso teste de 0 a 100 km/h em 10 segundos. Rápido, ele já tem ABS de série: travas e vidros elétricos, alarme e desembaçador são do pacote Plus – há também a configuração Style e a opção de câmbio automático de quatro marchas.
A mais cara é a Premium (sempre 1.6), que ganha rodas aro 15, volante e manopla de couro, sensores de faróis e de ré e banco traseiro bipartido.

Veja Também: O alto preço de se esquecer do intervalo entre as revisões


Em comum, todas as versões oferecem o mesmo padrão de construção e acabamento, dirigibilidade dócil e confortável (sem comprometer a estabilidade) e o bom porta-malas de 300 litros. Robusto, o HB20 resistiu bem ao nosso teste de Longa Duração, figurando entre os mais bem avaliados ao longo de 60 000 km. Mas preste atenção no manual de revisões: todo usado deveria estar coberto pela garantia de cinco anos, detalhe importante num modelo que é atendido por uma rede conhecida pela qualidade do pós-venda.

Contras
Direção: Ruídos ao esterçar vêm da má fixação da airbag no interior do volante. A rede autorizada adotou medidas paliativas de lubrificação e fixação para solucionar o problema, que acaba retornando.
Amortecedores: Mesmo robusta, a suspensão do HB20 tem pouco curso, o que pode acarretar desgaste acentuado dos amortecedores. Fique atento a ruídos e oscilações da carroceria, que podem indicar o final de vida útil das peças.
Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados