Carapicuíba se destaca em economia de água na Região Oeste da Grande SP

De acordo com a Sabesp, o bônus vem mantendo uma média de adesão de cerca de 83% dos clientes nos últimos meses, com economia de 6,2 m³/s.

Publicado em 03/08/2015

Um total de 180 bilhões de litros de água foi economizado pela população da Grande São Paulo desde fevereiro de 2014, quando a Sabesp iniciou a concessão de desconto para quem reduz o consumo, e junho de 2015.
Essa quantidade equivale ainda às duas cotas do volume morto, em utilização no sistema Cantareira, e a 10% da soma da capacidade de todas as represas dos sistemas de abastecimento da Grande São Paulo.
Ainda de acordo com a Sabesp, as regiões que tiveram o menor consumo médio de água por imóvel foram Itaquaquecetuba (com 8,99 m³/mês), Campo Limpo (9,04 m³/mês) e Guaianazes (9,06 m³/mês). Na contramão, os imóveis localizados nos Jardins, bairro da capital paulista, foram os que mais gastaram água no período, com média de 15,38 m³/mês.
Dentre as cidades da região Oeste, Carapicuíba foi a campeã de economia, com uma média de 9,16 m³/mês, o que também lhe garantiu a 6ª posição na Grande São Paulo. Já Parnaíba foi a mais “gastona”, com 12,57 m³/mês nesse intervalo, ficando no 5º lugar entre os maiores consumos. Barueri vem logo na sequência, no 8º lugar, com 12,12 m³/mês.

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados