Marun diz que não abrirá mão de pedir apoio à reforma da Previdência

O ministro da secretaria de governo voltou a negar que tenha condicionado a liberação de financiamentos em bancos públicos

Publicado em 04/01/2018

O ministro da secretaria de Governo, Carlos Marun, disse no dia (29), em Brasília, que não abrirá mão de pedir apoio à reforma da Previdência para todos os agentes públicos. Marun negou que tenha condicionado a liberação de financiamentos em bancos públicos para os governadores ao comprometimento deles na busca de votos para aprovar a reforma da Previdência.

Veja Também: Temer diz que país vive momento reformista

Marun disse que não segue a cartilha do politicamente correto. Ele comparou a nazistas quem estaria propagando “mentiras” sobre sua fala relacionada ao apoio à reforma da Previdência.Questionado sobre a redução de cerca de R$ 1,5 bilhão no financiamento ao setor público.

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados