Traficante Rogério 157 é preso em operação da polícia no Rio de Janeiro

Rogério 157 aparece algemado e sorridente em selfies com policiais, após prisão

Publicado em 07/12/2017

Chefe do tráfico na Rocinha e apontado como responsável pelo início da guerra na comunidade em setembro deste ano, Rogério Avelino dos Santos, o Rogério 157, foi preso na manhã desta quarta-feira (06), na comunidade do Arará, no Rio de Janeiro. O traficante foi localizado durante uma ação conjunta das polícias Civil, Militar e Federal, da Força Nacional e das Forças Armadas em comunidades nos morros da Mangueira, do Tuiuti, de Mandela e Arará, na zona Norte do Rio de Janeiro.
A ação conta com o apoio de 2,9 mil homens das corporações, que também tem a participação de mais de 4 mil agentes. Eles devem cumprir mandados prisão e de busca e apreensão, contra acusados de envolvimento com o tráfico de drogas.
Outro líder do tráfico, Reinaldo Santos de Sena, conhecido como Dedé da Mangueira, também é alvo da operação.

Veja Também:Governo sírio anuncia que participará de diálogo de paz em Genebra

Desde a madrugada, os policiais iniciaram a operação, mas só depois das 6h é que os agentes começaram a entrar nas comunidades, já que antes eles precisaram destruir barricadas montadas pelos traficantes nas ruas de acesso aos morros.
De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança, as Forças Armadas estão responsáveis pelo cerco das comunidades, enquanto os policiais fazem as incursões nas favelas para cumprir os mandados Judicias.
A operação é mais um desdobramento do Plano Nacional de Segurança, que envolve a cooperação de órgãos federais estaduais e municipais, com o objetivo de combater o crime organizado no Rio, principalmente o tráfico de drogas e o roubo de cargas.
Após a prisão do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, policiais civis do Rio de Janeiro tiraram selfies em que aparecem sorrindo com o criminoso e postaram as imagens em redes sociais, exibindo o criminoso como troféu. As fotos ocorreram na Cidade da Polícia, na zona norte da capital fluminense, onde ele foi autuado e prestou depoimento ainda na manhã desta quarta-feira (6).

Curta nossa Fanpage no Facebook


Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados