Líderes catalães ficarão em liberdade condicional na Bélgica

O ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, e os quatro ex-conselheiros do seu governo que foram para a Bélgica vão permanecer em liberdade, sob medidas cautelares

Publicado em 13/11/2017

O ex-presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, e os quatro ex-conselheiros do seu governo que foram para a Bélgica vão permanecer em liberdade, sob medidas cautelares. Eles compareceram Domingo (dia 5), diante de um juiz belga para prestar depoimento.

A decisão da Justiça é de que eles vão permanecer em liberdade condicional e não poderão sair do país. Além disso, devem indicar um endereço de residência fixa e comparecer ao tribunal sempre que forem convocados.

Veja Também: Polícia francesa faz operações antiterrorismo em cidades do país

O próximo passo está nas mãos da Câmara do Conselho de Bruxelas.
O tribunal tem 15 dias para se pronunciar sobre a Euroordem (ordem europeia de prisão e entrega) emitida por uma juiza espanhola contra Puigdemont e seus quatro conselheiros.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados