Shinzo Abe vence eleição e pode ter apoio para mudar Constituição pacifista do Japão



Publicado em 25/10/2017

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, venceu as eleições deste domingo (22) com uma vantagem que abre caminho para uma polêmica reforma da Constituição pacifista do país. Em um pleito antecipado marcado pela passagem de um tufão e baixa participação popular, o Partido Liberal Democrático (PLD) de Abe ficou com pelo menos 264 das 465 cadeiras da Câmara Baixa, com o qual garante a maioria absoluta do Parlamento.

Veja Também: Sobe número de mortos em atentado com caminhões-bomba na Somália

A coalizão formada pelo PLD e o Komeito elegeu pelo menos 292 deputados, muito perto de obter a maioria de dois terços obtida nas eleições de dezembro de 2014, segundo dados da emissora pública NHK. Esses resultados, que colocam Abe em seu terceiro mandato, o que o transformará no primeiro-ministro que mais permaneceu no cargo na história do Japão, também podem garantir apoio suficiente para que ele consiga realizar uma prometida reforma da Constituição.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados