Presidente catalão exige saída de policiais deslocados para a Catalunha



Publicado em 05/10/2017

Na Terça-feira (3), a Catalunha estava em greve geral em protesto pela violenta ação policial de repressão durante o referendo do último domingo (1º). Carles Puigdemont, presidente catalão, exigiu a remoção dos cerca de 10 mil policiais deslocados para a região.

Veja Também: Bombas explodem no Afeganistão durante visita de secretário dos EUA

Após protestos, policiais tiveram que deixar hotéis onde estavam hospedados. De acordo com o periódico espanhol El País, em pelo menos 3 cidades catalãs os agentes da Polícia Nacional e da Guarda Civil foram forçados a abandonar hoje os hotéis em que estavam hospedados por conta de protestos dos independentistas. Gritos, insultos e vaias impediam o descanso dos agentes.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados