Em Ilhabela pré-sal enriquece cidade mas moradores reclamam de falta de infraestrutura



Publicado em 28/09/2017

Enquanto a maioria dos municípios brasileiros amarga uma grave crise fiscal, sem dinheiro para nada, a turística Ilhabela, no litoral paulista, vê suas receitas se multiplicarem ano após ano. Desde que entrou para o rol dos “novos ricos” do pré-sal, a cidade virou uma fábrica de inaugurações. Só neste mês, a prefeitura entregou para a população nove novas obras, que vão de pontes e quadras poliesportivas a pavimentação de ruas.

Essa tem sido a rotina da prefeitura desde que o Campo de Sapinhoá, na Bacia de Santos, entrou em operação em 2013. Hoje, Ilhabela é a cidade que mais recebe royalties do petróleo em São Paulo, com 32,5% de todo o volume do Estado.

Veja Também: Ibovespa atinge recorde com 74 mil pontos

Para se ter uma ideia do avanço, no 1.º semestre de 2011, a cidade arrecadou com royalties R$ 21,385 milhões e no 1.º semestre deste ano, foram R$ 148,202 milhões, um aumento de 593%.O prefeito Márcio Tenório garante que essa é a bandeira da gestão atual. “Vamos transformar a cidade com os royalties”, diz ele, referindo-se ao novo plano plurianual e criticando a administração anterior.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados