Saiba como ajudar vítimas do rompimento de barragens em Mariana (MG)

O número de atingidos ultrapassa os 500

Publicado em 07/11/2015

Nesta quinta-feira, dia 5 de novembro, duas barragens se romperam no distrito de Bento Rodrigues, região central do estado de Minas Gerais (MG). Os desabrigados, atingidos pela lama, estão sendo levados para o ginásio Arena Mariana, complexo esportivo do município, localizado no bairro Vila Aparecida. A Prefeitura de Mariana divulgou locais que estão recebendo doações em busca de ajudar as vítimas do desastre.
De acordo com a Prefeitura local, as prioridades são doações de materiais de uso pessoal, como escovas de dente, toalhas de banho, copos, talheres, colchões, água mineral, entre outros.
Diante da situação, diversas entidades e voluntários se mobilizaram para receber donativos e acolher as vítimas, que passam de 500.
Para doações vindas de fora do município, a Prefeitura de Mariana disponibilizou uma conta bancária no Banco do Brasil: CNPJ: 18.295.303/001-44; Agência: 2279-9; Conta corrente: 10.000-5. Já para os moradores da cidade interessados em ajudar, o Centro de Convenções Alphonsus Guimaraens, na Rua Avenida Getúlio Vargas, centro da cidade, recebe donativos durante o dia todo. A Câmara Municipal de Ouro Preto, na Praça Tiradentes (centro da cidade histórica), também vem recebendo doações. A Prefeitura de Ouro Preto ainda disponibilizou veículos para buscar doações de moradores locais e encaminhar para Mariana.
A Cruz Veremelha e a Arquidiocese da capital também anunciaram locais para o recebimento de doações. O primeiro órgão informou que vai receber donativos na Alameda Ezequiel Dias, 427, no centro de Belo Horizonte. A Arquidiocese, por sua vez, estará recebendo entregas na Rua Além Paraína, 208, no bairro Lagoinha, na região Noroeste da capital.
Para as famílias da região que tiverem disponibilidade e interesse em acolher desabrigados, é necessário preencher um cadastro de voluntários na Arena Mariana, na Avenida do Contorno, centro.
O secretário de Defesa Social de Mariana, Brás Azevedo, disse que a situação no local é muito grave e há riscos de mais desmoronamentos. A orientação para os moradores que deixam Bento Rodigues é que sigam até o distrito de Camargos, que é mais alto e mais seguro.

Segundo a prefeitura, o distrito de Bento Rodrigues tem cerca de 600 moradores, em 200 imóveis. Mas como outras localidades podem ter sido atingidas pelo mar de lama, a estimativa é de 2 mil pessoas afetadas.

Curta a nossa Fanpage no Facebook e fique por dentro das notícias!

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados