MTST ocupa portaria do Ministério da Fazenda em protesto contra ajuste fiscal



Publicado em 21/09/2017

Cerca de 100 militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) promovem uma manifestação na portaria principal do Ministério da Fazenda. Eles protestaram contra o ajuste fiscal e pedem o fim do congelamento de recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida. A mobilização faz parte do Dia de Lutas por Teto e Trabalho, que promove manifestações em 10 capitais brasileiras.

Em nota em sua página oficial no Facebook, o MTST reivindica a liberação imediata dos recursos para a contratação das 35 mil moradias previstas no Orçamento de 2017 no Programa Minha Casa Minha Vida, modalidade entidades.

Veja Também: MP que altera reforma trabalhista deve sair em outubro, diz presidente da UGT

O movimento pede também a ampliação dos recursos para a moradia popular no Orçamento de 2018. Os manifestantes gritaram palavras de ordem e cantaram hinos na portaria do ministério, que foi fechada. Uma bandeira foi estendida na marquise do prédio principal, que teve as luzes dos corredores apagadas.

O ministro Henrique Meirelles não estáva no prédio. Ele e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, estão viajando para Nova York com uma comitiva de 12 ministros que participará de seminários e reuniões com investidores internacionais.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados