eSocial: confira o passo a passo para a realização do cadastro

O projeto visa unificar a transmissão de informações entre empregador e empregado

Publicado em 06/11/2015

Até o dia 30 de novembro, empregados e empregadores domésticos deverão se cadastrar no eSocial, projeto do governo federal que visa unificar o envio de informações pelo empregador aos seus funcionários. Com o credenciamento, será possível gerar o boleto unificado de recolhimento de encargos (despesas e taxas).
Se você ainda não sabe como realizar o seu cadastro, confira o passo a passo:
1)Verifique se o CPF e NIS estão habilitados para serem utilizados no sistema

2) Acesse o módulo do Empregador Doméstico do eSocial para fazer o cadastro. Se já tiver feito o cadastro, acesse o campo que pede pelo código de acesso, utilizado pelo usuário que não tem certificado digital. Caso o empregador não tenha feito declaração do IR (Imposto de Renda) no último ano, deverá informar o CPF, data de nascimento e título de eleitor.

3) Após seus dados serem aceitos, preencha os dados solicitados na tela do Empregador Doméstico.

4) Se a operação for aceita, será exibido um símbolo verde na parte superior da tela. Se não, um símbolo vermelho aparecerá.

5) Ao realizar o cadastro, o sistema vai apresentar CPF e nome completo do empregador. Clique no botão “salvar” após inserir todos os dados. O empregador pode alterar os dados cadastrais no botão “alterar”.


Veja Também: Dilma aprova lei que permite novas regras à aposentadoria


PARA CADASTRAR O TRABALHADOR
Clique na aba Trabalhador e depois na opção Gestão do Trabalhador. Serão exigidos número do CPF, data de nascimento, o país de nascimento, número NIS, raça/etnia e escolaridade. Clique no botão Cadastrar/Admitir. O campo Data de admissão deverá ser preenchido com a mesma data de assinatura na carteira de trabalho.

Curta a nossa Fanpage no Facebook e fique por dentro das notícias!

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados