Explosão deixa 11 mortos e dezenas de feridos no metrô de São Petersburgo, na Rússia

Uma explosão entre duas estações do metrô de São Petersburgo, na Rússia, deixou mortos e feridos nesta segunda-feira (3)

Publicado em 06/04/2017

Uma explosão entre duas estações do metrô de São Petersburgo, na Rússia, deixou mortos e feridos nesta segunda-feira (3). Segundo o Comitê Antiterrorismo do país, o número de mortos chega a 11 e 45 pessoas ficaram feridas e estão hospitalizadas. Mais cedo, a ministra da Saúde russa, citada pela agência Interfax, afirmou que havia 10 mortos e 47 feridos.

As estações Sennaya Ploshchad e Tekhnologicheskii Institut, no centro da cidade, foram atingidas. Outro artefato explosivo improvisado foi encontrado em uma terceira estação, a Ploshchad Vosstaniya, e desativado por especialistas.
Citando uma fonte, a agência Interfax afirma que as autoridades russas tentam descobrir se foi um ataque suicida e têm como suspeito preliminar um jovem da Ásia Central. Segundo a fonte, ele teria ligação com radicais islâmicos.

Veja Também: Temer sanciona lei de terceirização com pouca proteção ao trabalhador


A fonte diz que o homem que havia sido registrado em câmeras de segurança e considerado suspeito se apresentou e afirma que não teve nenhum papel no ataque, segundo fontes da agência Interfax. A foto desse primeiro suspeito, um homem de barba usando um chapéu preto (abaixo), foi publicada pelo site de notícias russo Fontanka. Ele teria entrado no metrô 20 minutos antes da explosão.

Segundo a France Presse, o governo abriu uma investigação para “ato terrorista” e, de acordo com a Reuters, há mandados de busca para duas pessoas. Uma delas teria colocado a bomba no vagão de metrô que explodiu e a outra, na estação onde o artefato foi desativado. O presidente do país, Vladmir Putin, afirmou mais cedo que o governo está considerando todas as possíveis causas da explosão, incluindo terrorismo. “Eu já falei com o chefe de nossos serviços especiais, eles estão trabalhando para determinar a causa [das explosões]”, disse Putin.

Curta nossa Fanpage no Facebook

Publicidade

© 2016 - Jornal NC. Todos os direitos reservados